Novela “Espelho D’Água” – resumo dos próximos episódios

Novela Espelho D’Água – a SIC Portugal divulgou o resumo dos próximos episódios da novela Espelho D’Água que Afonso faz ver a Carmo que Isabel precisa dela nos Açores porque está muito debilitada pelos tratamentos de quimioterapia. Na novela Espelho D’Água, episódio de sábado, 02 de setembro – Episódio 114 – Kiko fica desesperado com Paula porque ela não aceita esquecê-lo e recorda o que sofreu quando Luísa ficou a saber que eles se tinham envolvido quando ela era sua professora. Paula quer que Kiko deixe Inês para ficar consigo. Vasco vai ao barco convidar Rita para almoçar. Depois de ele sair, Rita diz à mãe que não quer que ela diga nada porque é apenas amiga de Vasco. Lucinda guia Eunice, que dá os primeiros passos na Faina Norte, mas encarrega outra colega para lhe explicar o que deve fazer na linha de produção. Entretanto, trata de avisar que quer saber tudo o que ela ouvir as outras operárias dizerem sobre si. Eunice fica incomodada mas acaba por assentir quando Lucinda insinua que pode dar o emprego que lhe arranjou a outra pessoa.

Sara dá instruções a Tiago e ele reage com grande irritação, acusando a mãe de o estar a manter à margem da gestão da Faina Norte. Sara comenta que ele não era assim antes de conhecer Raquel e Tiago sai revoltado do gabinete. Sal contrata uma artista popular para promover o stand de automóveis e Bruno insinua a Vítor que chegou a ter um caso com ela. No entanto, quando chega à fala com Sabrina, ela não o reconhece. Entretanto, um cliente vai reclamar uma promoção a que tinha direito e sala usa todos os argumentos para não lhe vender dois carros pelo preço de um, causando uma situação de grande constrangimento. Hélder aproveita o facto de estar no Meia Desfeita a conversar com Horácio para dizer em voz alta que quem tem culpa na contaminação do Bairro dos Pescadores é Sara, que nada fez para resolver o problema, ao contrário de Tiago, que tem estado na linha da frente no apoio às pessoas.

Vasco que almoça com Rita, ouve a conversa que se estende a Zé Paulo e a Patrícia e assim que tem oportunidade vai pedir a Hélder para o entrevistar. Este diz que não quer dar a cara e passa a bola a Horácio, que aceita falar com Vasco sobre tudo o que se tem passado no bairro. Cláudia conta a Renata que foi Lucinda quem espalhou que ela e espera um filho de Zé Paulo. A cabeleireira fica furiosa e garante que vai pedir satisfações a Lucinda. O cliente que está no salão olha-lhe para a barriga. Pedro pede namoro a Cristina e ela aceita sem hesitar. António vai procurar por Rita no barco, numa altura em que Odete está a conversar com Luísa. A secretária da Faina Norte esconde-se e Luísa recebe António, dizendo que Rita não está.

Ele fica desconfiado de que Luísa mente e ela manda-o embora, exigindo-lhe que deixe a filha em paz, pois foi ele quem a abandonou. Fernando volta à Mercearia para dizer a Carmo que quer ficar com ela. Carmo manda-o resolver primeiro as coisas com Sara e recusando a ideia de ser apenas sua amante. Fernando pega-lhe nas mãos quando Afonso aparece e assiste à cena, dizendo com grande calma que afinal a avó é que tinha razão. Fernando fica constrangido e acaba por se ir embora. Hélder pensa que não está ninguém em casa e telefona a Raquel para lhe dizer que vai sair um artigo culpabilizando Sara pela contaminação do Bairro dos Pescadores. Ela insiste que é importante descredibilizá-la e dar a ideia de que é Tiago quem lidera o projecto que querem implementar.

André prepara-se para sair de casa todo bem vestido mas opta por desistir quando encontra Hélder em casa a falar ao telefone. Tiago regressa a casa e confessa a Raquel que está farto da mãe. Ela dá-lhe ânimo e mostra-se convencida de que ele vai levar a bom porto o projecto imobiliário no Bairro dos Pescadores. Bruno fica furioso com Vítor que ao ver a imagem de uma mulher no computador, sai disparado da oficina em direcção a casa, justificando que tem uma emergência para resolver. Renata ameaça Lucinda e proíbe-a de continuar a alimentar o boato de que Zé Paulo é o pai do filho que está à espera. Lucinda tenta mostrar que não tem medo mas fica preocupada. Vítor mostra em grande excitação a André a foto de Sebastiana na sua página na internet e diz que ela nunca mais o esqueceu depois de terem contracenado no anúncio do stand. André acha que o irmão está a armar-se e troça dele.

Vítor só então repara que ele está todo bem vestido e quando André diz que acabou por não ir ter com Cláudia por estar adoentado, acusa-o de ter medo de estar a sós com a namorada. Raquel mostra a Tiago o artigo que Vasco escreveu, arrasando Sara por completo, por causa da contaminação do Bairro dos Pescadores. Raquel diz que é chegado o momento de ele fazer a mãe cair da cadeira da presidência da Faina Norte e de ser ele a assumir o comando. Vasco procura Rita no barco com a intenção de a convidar para jantar, já que ao almoço quase não lhe prestou atenção, mais preocupado em recolher informações para escrever o artigo em que arrasou Sara, responsabilizando-a por não resolver o problema da contaminação do bairro dos pescadores. Ela diz que só por isso o perdoa mas recusa o convite porque já jantou com a mãe.

Vasco promete insistir mas vai embora. Luísa comenta com Rita que o rapaz gosta dela e que lhe devia dar uma oportunidade. Rita responde que Vasco vai ter de se esforçar um pouco mais. Raquel continua a manipular Tiago e depois de referir que têm de arranjar uma casa para morar, incita-o a convencer a mãe a ceder-lhe o poder na empresa, começando por lhe mostrar o artigo que Vasco escreveu sobre ela. Vasco não acha que aquele seja o melhor momento mas acaba por ir falar com Sara e mostra-lhe o artigo, insinuando que o melhor é ela afastar-se para não comprometer a imagem da Faina Norte. A mãe lê o que Vasco escreveu e tenta mostrar-se imperturbável, garantindo que já lidou com pessoas e problemas maiores. Tiago não insiste e retira-se do escritório. Sara deixa cair a máscara e revela-se preocupada com as repercussões que aquela notícia pode ter.

Novela “Espelho D’Água” SIC Portugal: resumo dos próximos episódios

Notícias relacionadas:

Para contemplar a reestruturação técnica integral deste portal de notícias, este conteúdo não será atualizado à partir de 04/09. Agradecemos vossa compreensão.

Novela “Espelho d’Água” – Sinopse
Novela “Espelho d’Água”: Elenco e personagens
Novela “Espelho D’Água” – resumo dos próximos episódios

Novela “Amor Maior” – Sinopse
Novela “Amor Maior”: Elenco e personagens
Novela “Amor Maior”: Francisca, a grande vilã
Novela “Amor Maior” – Momentos mais marcantes da 1a. temporada
Novela “Amor Maior” – resumo dos próximos episódios

Novela “Novo Mundo” – Sinopse: a história de Anna e Joaquim
Novela “Novo Mundo”: Elenco e personagens
Novela “Novo Mundo” – resumo dos próximos episódios

Novela “A Força do Querer” – resumo dos próximos episódios
Novela “A Força do Querer” – Sinopse
Novela “A Força do Querer”: Elenco e personagens

Novela “Paixão” – Sinopse
Novela “Paixão”: Elenco e personagens

Comente esta novela no final da página

Na novela Espelho D’Água, episódio de domingo, 03 de setembro – Episódio 115 – Afonso faz ver a Carmo que Isabel precisa dela nos Açores porque está muito debilitada pelos tratamentos de quimioterapia. A mãe ainda resiste à ideia de deixar Aveiro mas acaba por concordar. Afonso trata-a por mãe e perante a surpresa de Carmo, dispara que não há mal em ter duas mães e que compreende que lhe tenham escondido a verdade sobre quem são os seus verdadeiros pais. Joaquim tenta assumir as responsabilidades de Isabel nos Chás Goulart mas ela insiste em controlar tudo o que se passa na empresa e leva o marido ao desespero. Depois de muito esforço, Joaquim consegue que Isabel vá descansar. Inês confronta Kiko por ele não ter atendido as suas chamadas durante todo o dia e ele mostra-se muito irritado, dizendo que precisa de tempo para pensar no que quer para o futuro.

Inês começa a recear que ele não queira continuar consigo mas Kiko não tem coragem de confessar que se envolveu com Paula e diz que o seu estado de espírito vai mudar e que só precisa de espaço. Inês fica arrasada. António chega a casa embriagado e Filipa exige-lhe que tenham uma conversa séria, dispondo-se a fazer-lhe um café. António recusa e diz que não está para conversas e que se vai deitar. Filipa fica desesperada. Luísa entrega a Rita um ramo de flores que estavam à entrada do barco e ela lê o bilhete que as acompanha, dizendo a rir que não vai revelar o que lá está escrito porque é ridículo. A mãe confessa já ter percebido as intenções de Vasco mas Rita assume que não sabe se o quer, até porque não lhe quer contar que está grávida.

Matilde continua a embirrar com Bruno, lembrando-lhe que foi ele o responsável pelo despedimento de Eunice e censurando-o por lhe ter arranjado trabalho na fábrica. Eunice defende o marido, para desespero da mãe. Matilde pede o apoio de Pedro na discussão mas o neto coloca-se à margem. Bruno dá um grande beijo em Eunice e ainda irrita mais a sogra. Sara oferece boleia a Tiago para a fábrica mas ele inventa que ainda tem coisas para fazer e espera que a mãe saia para dizer a Raquel que duvida que a mãe se afaste da Faina Norte. A namorada está convencida de que ela vai acabar por ceder. Filipa pergunta a António se regressa a casa depois do voo que vai fazer e ele trata-a com azedume e indiferença, agastado e sem querer dar-lhe satisfações.

Assim que ele sai, Filipa telefona a alguém para marcar um encontro. Fernando vai à Mercearia convidar Carmo para tomarem o pequeno-almoço mas ela deixa claro que enquanto ele não se separar de Sara, escusa de voltar a procurá-la. Tiago telefona a Hélder e diz-lhe para convencer os moradores do Bairro de Pescadores a formarem uma comissão para criar mais dificuldades a Sara, forçando-a a afastar-se da empresa. Quando Sara entra no seu gabinete de trabalho fica irritada ao ver Rita sentada na sua cadeira. Esta afirma que está determinada a vigiar a gestão que ela faz na Faina Norte e exige-lhe que Horácio volte a embarcar para a pesca do bacalhau. Sara tenta acalmar-se e pede-lhe que diga a Horácio para ir ter com ela, para encontrarem uma solução para o seu caso.

Cláudia manda Elsa ajudá-la a mudar as camas mas a irmã não quer ter esse trabalho e discute com ela. Zé Paulo tenta acabar com a briga mas não consegue, valendo-lhe a chegada de Renata que consegue controlar a situação, apesar de Cláudia ficar amuada. Zé Paulo fica feliz quando a cabeleireira revela que descobriu que foi Lucinda que espalhou o boato de que ele era o pai do bebé que ela espera e garante que já a pôs no lugar. Pedro, com a ajuda de Bruno, vai devolver o carro que Sal lhe impingiu e que se avariou mal ele o levou do stand. Sal tenta enganá-lo e Bruno ainda pede desculpa pela atitude do filho mas ele não desarma e devolve mesmo o automóvel. Rita diz a Horácio para que vá falar com Sara, convencida de que ela lhe vai devolver o lugar de mestre de redes no Gafanha, que está de partida para a faina do bacalhau nos mares do norte.

Lucinda resmunga que ainda vai sobrar para si e assim que Rita vira costas, diz mal dela a Eunice. Esta sai na defesa de Rita mas Lucinda volta a insinuar que se ela não concorda consigo pode estar a arriscar o emprego. Bruno ralha com Vítor por ele estar sempre agarrado ao computador na oficina e não o ajudar no arranjo dos carros. Vítor reclama a sua condição de sócio quando Pedro chega e conta ao pai que lhe pediram que o avisasse de que tem de ir a uma reunião no Meia Desfeita porque está a ser constituída uma comissão de moradores por causa da contaminação do bairro. Bruno apressa-se a ir embora e Vítor mostra a Pedro a foto de Sebastiana e decide declará-la vencedora da melhor foto das redes sociais. Sara manda chamar Horácio e quando ele pensa que ela lhe vai devolver o seu lugar como mestre de redes no bacalhoeiro ela informa-o cheia de ironia que realmente precisam dele a bordo mas para limpar o barco.

Horácio não consegue encaixar tamanha humilhação e Sara ainda o provoca mais, mandando-o ir agradecer a Rita por ter intercedido por si. Cláudia sai de casa para ir ter com André. Elsa desabafa com Renata que a irmã está uma chata e condena-a por se ter zangado com ela. Renata afirma que o seu relacionamento com Cláudia vai voltar a ser o que era e mima Elsa que ainda sente muito a morte dos pais. Hélder incita os moradores do Bairro dos Pescadores à revolta e convence-os a pressionar Sara para os receber. Bruno esquiva-se a tomar a liderança e é Zé Paulo que assume as despesas da luta e pergunta quem está com ele. Cláudia pressiona André para voltarem a envolver-se mas ele reage com grande nervosismo e inventa todos os pretextos para se esquivar. Odete compromete-se com Luísa a encontrar no computador de Sara documentos que a possam comprometer. Luísa recomenda todas as cautelas à secretária para que não sejam descobertas.

Na novela Espelho D’Água, episódio de segunda-feira, 04 de setembro – Episódio 116 – Kiko pede conselhos a Jaime e conta-lhe que voltou a envolver-se com Paula, com quem teve um caso quando era adolescente e ela sua professora. O padrasto faz-lhe ver que tem de contar a Inês que a traiu e se quiser assumir a relação com Paula, terá de contar também à mãe. Kiko fica alarmado e Jaime decreta que ele tem de se portar como um homem. Joaquim irrita-se com Isabel porque ela insiste em rever o trabalho que ele fez para a empresa, apesar de ter de ir para o hospital. Rita fica furiosa quando Horácio lhe conta a humilhação a que Sara o sujeitou ao mandá-lo limpar o bacalhoeiro em vez de lhe devolver o lugar de mestre de redes a bordo. Rita explode e diz que ela não se vai ficar a rir, mas Horácio e Luísa aconselham-na a agir com calma.

Zé Paulo tenta marcar uma reunião da comissão de moradores do bairro com Sara mas como ela diz que não tem tempo para os receber, decide montar uma vigília à porta da fábrica até que ela aceite ouvi-los. Vítor encerra o concurso de fotografia que lançou no facebook e Pedro pergunta-lhe o que é que ele vai dizer a Bruno. Vítor não está nada preocupado e anuncia que Sebastiana é a vencedora do concurso. Odete avisa Sara de que os moradores do Bairro dos Pescadores estão a pedir para serem recebidos mas eles não dão tempo e invadem o gabinete. Zé Paulo encara Sara e diz que vêm exigir-lhe que saia da Faina Norte. Rita está numa pilha de nervos e cheia de vontade de enfrentar Sara por ela ter humilhado Horácio mas Luísa recomenda-lhe que se acalma, pois o pescador e também Lucinda estão sob ameaça.

Rita recebe entretanto uma mensagem de Vasco e diz que quando tiver cabeça lhe responde. A mãe comenta com malícia que se ele lhe fosse indiferente, ela já lhe teria respondido. Zé Paulo e Bruno entram forte a exigir que Sara deixe a Faina Norte, afirmando que enquanto ela estiver à frente da empresa o problema da contaminação do Bairro dos Pescadores não ficará resolvido e que Tiago foi o único que se interessou pelo problema. Pouco a pouco, Sara toma conta da conversa e deixa claro que não são eles quem escolhe quem manda na empresa, insistindo que as pessoas têm de deixar as suas casas e que está a fazer tudo para ajudar quem precisar. Elsa tem o período pela primeira vez e é Renata quem a ajuda carinhosamente a lidar com a situação.

Sebastiana envia uma mensagem a Vítor a reclamar o prémio que ganhou para a melhor fotografia e o mecânico fica sem saber como é que lhe vai concertar o carro de borla. Pedro acha que o pai não vai gostar nada daquilo e Vítor diz que só tem de arranjar o carro quando Bruno não estiver na oficina e responde a Sebastiana. Jarvis avisa Sal que o carro velho que Pedro devolveu ainda está à porta do stand e pergunta se é para mandar para abate. A patroa não tem emenda e diz-lhe que ponha o carro numa oficina barata que o remende, para poder voltar a vender o carro outra vez, enganando mais um cliente. Bruno e Zé Paulo deixam o gabinete Sara resignados, embora dizendo-lhe que voltarão se não tiverem em breve uma solução para a contaminação do bairro.

Tiago cruza-se com eles e finge-se surpreendido por vê-los ali. Sara tenta perceber se o filho não sabia mesmo de nada mas fica muito desconfiada dele. Renata leva Elsa a casa e ajuda-a a lidar com o facto de ter tido o período pela primeira vez. Elsa lembra com nostalgia que a mãe já tinha falado com ela sobre o assunto. Hélder fica frustrado quando Zé Paulo e Bruno regressam ao Meia Desfeita e contam que a reunião com Sara não deu em nada e que não obtiveram qualquer resposta sobre como resolver o problema da contaminação do bairro. Matilde adivinha que ninguém fará nada para os ajudar. Renata entra no restaurante e chama Zé Paulo à parte para o avisar de que Elsa começou e ter o período. Ele fica aterrorizado mas a cabeleireira sossega-o e diz que já lhe deu o apoio que ela precisava. A angústia de Zé Paulo não fica por ali, pois Renata avisa que Cláudia foi a casa de André almoçar com ele.

André tenta justificar-se a Cláudia por ter receio de fazer amor com ela mas como está muito nervoso explica-se mal e insinua que ela tanto pode envolver-se com ele como com outro rapaz. Cláudia fica magoada e vai embora sem querer ouvir mais nada. Filipa pede conselhos a Sara sobre a forma como deve lidar com António, que se recusa a partilhar com ela a sua vida. Sara diz que o filho tem de lamber as feridas que o afastamento de Rita lhe abriu e Filipa receia que ela lhe conte que está grávida de um filho dele. Desesperada, sugere que Tiago podia dar uma palavra ao irmão mas Sara afirma que ele só está interessado em ganhar poder na empresa e que com Raquel, devem ter estimulado a revolta dos moradores do bairro.

Nervosa, Odete viola o computador de Sara na Faina Norte e começa a fazer cópia de alguns documentos para entregar a Rita e Luísa. Embriagado, António desabafa com Rafael sobre a vida infernal que tem ao lado de Filipa e assume que se afastou de Rita para a tirar da cadeia, ficando ele numa espécie de prisão ao casar com a antiga noiva. O amigo diz que ele tem de parar de beber e António confessa que está de licença sem vencimento na companhia aérea, embora finja que vai trabalhar quando sai de casa, para poder estar afastado de Filipa o mais que pode. Luísa convence Rita a telefonar a Vasco, depois de nem sequer ter agradecido as flores que ele mandou. Rita cede mas confessa que não sabe o que fazer com ele. Joaquim tenta encorajar Isabel que está em pânico com a proximidade da cirurgia para remover o tumor, receando ficar paraplégica. Joaquim ensaia abraçar a mulher mas ela chora desesperadamente e afasta-o num misto de dor e raiva, querendo ficar sozinha.

Na novela Espelho D’Água, episódio de terça-feira, 05 de setembro – Episódio 117 – Destroçado com a rejeição de Isabel, Joaquim não resiste ao impulso de ligar a Renata mas para seu desgosto tem de deixar mensagem a suplicar-lhe que lhe ligue de volta. Renata chora ao ouvir a mensagem que Joaquim lhe deixou e tem o impulso de responder. No entanto acaba por desistir e vai atender um cliente. Kiko procura por Afonso mas Joaquim conta que ele foi para Aveiro. O rapaz conforma-se e diz que sendo assim falará com ele quando voltar. Carmo entrega a Patrícia a gestão da Mercearia e explica que tem de regressar aos Açores porque a mãe vai ser operada. De seguida diz a Afonso que já pode marcar os voos e liga a Fernando, pedindo-lhe que vá ter com ela. Rita passeia com Vasco mas ressalva que são apenas amigos.

Mesmo assim, ele tenta a sorte e ensaia beijá-la mas Rita rejeita o beijo e acaba por se ir embora, dizendo que aquela conversa lhe está a fazer mal. Vasco fica desolado. André conta a Vítor que recusou fazer amor com Cláudia e que pior que isso, a mandou arranjar alguém melhor do que ele. O irmão fica incrédulo e assegura-lhe que depois do que disse, perdeu a namorada. Lucinda entra em casa e confessa aos filhos que está preocupada por não saber como correu a conversa de Horácio com Sara. Zé Paulo não sabe como lidar com Elsa por ela estar com o período pela primeira vez e depois de a inundar de doces, bombardeia-a com perguntas. Ela diverte-se com a aflição do tio, principalmente depois de Cláudia entrar em casa como um furacão sem lhe dar hipótese de contar o que se passa com a irmã.

Carmo informa Fernando de que vai aos Açores para estar perto da mãe e insiste que só poderão ter algo os dois se ele se separar de Sara. Fernando conforma-se com a sua decisão e despede-se dela com um beijo na face. Carmo espera que ele saia e não segura as lágrimas. Rafael esforça-se por sair de casa para ir procurar António, receando que ele esteja a beber ainda mais. No entanto, o seu trauma por causa do sequestro de que foi vítima impede-o de abrir a porta. Desesperado, Rafael deixa-se cair no chão a chorar. Tiago confessa a Raquel que duvida que a mãe se afaste da empresa e o deixe aos comandos, até porque acha que ela desconfia dele. Raquel diz que ele tem de saber esperar e que é tudo uma questão de tempo.

Entretanto, Raquel recebe uma chamada de Filipa a pedir-lhe que vá a sua casa, pois tem uma grande proposta. Kiko não resiste e volta a envolver-se com Paula, continuando a ignorar as mensagens e chamadas de Inês que estranha que ele não lhe responda. Horácio regressa devastado a casa e conta a humilhação que Sara o fez passar quando o mandou limpar o navio. Lucinda, ao invés de apoiar o marido ainda o espezinha mais e ele fica furioso e volta a sair, sem sequer jantar. Vítor e André reprovam a atitude da mãe. Bruno conta a Eunice a reunião que a comissão de moradores teve com Sara e a mulher conclui que apesar da pressão que tentaram fazer, nada ficou resolvido. Bruno aproveita para contar ao pai que Vítor insistiu em levar para a frente o concurso em que oferecia o arranjo grátis de um carro à rapariga que publicasse a melhor foto, avisando o pai de aquilo pode dar para o torto.

Horácio fica chocado quando fica a saber por Matilde no Meia Desfeita que foi Lucinda quem espalhou o boato de que o pai do bebé de Renata seria Zé Paulo. Fernando tenta reaproximar-se de Sara mas Afonso aparece naquele instante para se despedir antes de ir para os Açores e estraga tudo quando fala da audiência em tribunal em que vai ser perfilhado por ele. Fernando despacha o filho o mais depressa que pode mas Sara ouviu tudo e fica furiosa com o marido, a quem exigiu que não perfilhasse Afonso. Horácio regressa a casa furioso e discute violentamente com Lucinda fazendo-lhe um ultimato. Ou pede desculpa a Zé Paulo e Renata por os ter difamado ou nunca mais o vê.

Vítor e André assistem muito apreensivos à discussão dos pais. Horácio volta a sair de casa ainda mais furioso. Pedro pergunta a Eunice se pode levar Cristina a jantar lá em casa e revela que namora com ela. Alice ajuda António a chegar a casa de Rafael depois de o ter resgatado bêbado no parque. Rafael confessa que ainda tentou sair de casa mas perdeu a coragem. Filipa oferece-se a Raquel para convencer António a passar uma procuração que dê plenos poderes a Tiago no negócio dos terrenos do Bairro dos Pescadores. Em troca pede que eles se disponham a testemunhar em tribunal a seu favor, dizendo que ela era vítima de violência doméstica, caso António venha a querer o divórcio. Raquel fica estupefacta com aquela proposta.

Na novela Espelho D’Água, episódio de quarta-feira, 06 de setembro – Episódio 118 – Sara, avisa Fernando que se insistir em assumir o filho vai perder tudo o que tem. Lembra-lhe que tem um documento assinado por ele, segundo o qual em caso de divórcio abdica de tudo. Fernando pergunta-lhe se ainda o ama ou se quer apenas humilhá-lo e beija-a apaixonadamente, sendo correspondido com igual fervor pela mulher. Raquel garante a Filipa que Tiago alinha em testemunhar mas pergunta-lhe porque é que quer prejudicar António com quem acabou de casar. Filipa prefere adiantar apenas que é uma garantia, caso ele pretenda separar-se. Raquel convence Tiago a testemunhar contra António lembrando-lhe que assim ele poderá assumir o Bairro dos Pescadores sem oposição. André e Vítor comentam entre si sem que Lucinda ouça, a forma como o pai se insurgiu contra a mãe e como foi violento. André defende o pai acusando a mãe de lhe estar a moer a cabeça e Vítor defende a mãe.

Lucinda recusa-se a pedir desculpa a Zé Paulo e Renata. Zé Paulo acusa Matilde de ser responsável pela má-língua de Lucinda, por ter andado a dizer mal de Renata. Para surpresa de Zé Paulo, Horácio garante-lhe que só volta para casa quando Lucinda lhe pedir desculpa. A decisão dele faz com que Zé Paulo se sinta mal e pede-lhe para não arranjar problemas com a mulher. Rita confessa a Luísa que achava que António era especial e lembra-se como ao ver o fio no pescoço dele sentiu uma emoção muito forte. Ele fez-lhe crer que era um amor para toda a vida e que não havia mais ninguém no mundo. Não foi assim, mas fica desse amor o filho dos dois. António acorda ressacado na casa de Rafael e sem saber sequer que foi Alice quem o levou até lá.

No telemóvel tem varias chamadas não atendidas de Filipa. André, Vítor e Hélder tomam o pequeno-almoço com Lucinda mas o ambiente é tenso. Lucinda tenta aligeirar o ambiente mas os filhos não facilitam e André acaba mesmo por perguntar à mãe se já ligou ao pai. Hélder fica deliciado a gozar a situação. Zé Paulo pergunta a Cláudia se se chateou com André. A sobrinha não gosta nada de ser questionada por causa disso e critica Renata por ter dado com a língua nos dentes. Depois da noite passada com Fernando, Sara levanta-se normalmente para ir trabalhar e ele estranha. No entanto, Sara está decidida a não permitir que nada nem a ninguém a destrua, nem mesmo os filhos que afirma amar.

Conforme combinado, Odete liga a Luísa dando a indicação que lhe vai enviar uma e-mail com a informação que pediu mas pede-lhe para usar um computador publico e para apagar os dados assim que os receber. Mal desliga o telefone, Sara aparece. Mais tarde liga novamente a Luísa a confirmar se recebeu mensagem com os códigos e ela confirma. Depois de receber a mensagem, Luísa sai dizendo que vai às compras e descarta a possibilidade de esperar por Rita para irem as duas. Ela desconfia. Luísa vai ter com a irmã Madalena. Em conluio com Victor, para o deixar sozinho com a vencedora do Vito Challenge, Pedro sugere a Bruno fechar a oficina mas quando percebe que a ideia do pai é ficar o dia todo a limpá-la, oferece-se para ser ele a fazer o trabalho todo e sozinho.

Quando Sebastiana aparece, Victor empata o serviço de reparação do carro e com isso consegue fazer com que a modelo o leve com ela a uma discoteca à noite, a troco de ir no carro dele. Mas quando tudo parecia perfeito, Bruno aparece para se apresentar como dono, receber a vencedora e obrigar Vítor a trabalhar no carro de Sebastiana até ele ficar impecável. Sem que nada o fizesse esperar, Lucinda vai pedir desculpa a Zé Paulo e Matilde obriga-a a dizê-lo bem alto. Admite que não devia falar de coisas que não sabia e pede para dizerem a Horácio que já pediu desculpa. Dali vai ter com Renata que a obriga a pedir desculpa em voz alta para todos os clientes ouvirem por ter inventado que ela estava a tentar dar o golpe a Zé Paulo. Lucinda sente-se muito humilhada.

Na Faina Norte, Fernando informa Sara que os barcos estão prontos para partir e que deu ordem para não carregarem totalmente para poderem vir mais rápido. Fernando pede a Sara para voltar a confiar nele. Sabendo qual será a reacção do marido, Filipa exige que António deixe a companhia aérea e se junte ao irmão no projecto do Bairro dos Pescadores. António sente-se ameaçado e rejeita a ideia de deixar de fazer a única coisa que lhe dá prazer e que o mantém afastado dela. Sem saber, António cai na armadilha, tal como Filipa queria e admite passar uma procuração ao irmão. Rita fala com Vasco para tentar dizer-lhe mais alguma coisa mas não chega a tempo. Ele já decidiu deixá-la e ir trabalhar para a Síria. Vasco sente que se ficar junto dela sairá mais magoado do que num país em guerra. Rita vê Vasco partir sem conseguir dizer-lhe mais nada.

Na novela Espelho D’Água, episódio de quinta-feira, 07 de setembro – Episódio 119 – Hélder vai desafiar Patrícia a almoçar com ele. Como ela está a trabalhar e não pode aceitar a oferta, decide ficar ali sentado e esperar que ela passe pela mesa dele. Inês vai ter com Kiko na esperança de que ele lhe dê alguma explicação mas mais uma vez ele está demasiado ocupado. Inês acaba por ir embora. Entretanto, Joaquim diz a Afonso que Kiko precisa de falar com ele e que parecia estar preocupado. Isabel comunica à filha Carmo que fez o seu testamento e que se ela voltar para Fernando será deserdada. Tiago conta a Raquel que António lhe telefonou e que mandou chamar o advogado com a intenção de lhe passar uma procuração para que o represente no negócio do Bairro dos Pescadores.

E quando tudo parecia correr bem para Fernando, Sara chama-o e confronta-o com um desvio de 200 mil euros da empresa para a sua conta pessoal. Sara acusa-o de estar a planear fugir. Fernando bem tenta explicar-lhe que foi tramado, que se trata de uma cilada que é tudo mentira mas Sara nem quer saber. Na verdade Fernando está inocente. Luísa confessa à irmã Madalena que com a ajuda de alguém dentro da empresa conseguiu desviar o dinheiro para a conta de Fernando. Luísa considera que chegou o momento de Sara e Fernando pagarem o que fizeram. A ideia é separar os dois vilões e obrigar Sara a denunciar o amante à polícia. A irmã Madalena tenta perceber se Rita pretende avisar António de que está grávida mas Luísa garante-lhe que ela não o fará.

A Irmã Madalena decide então fazer uma chamada anónima a António para lhe revelar que a mulher que ele ama, a Rita, está grávida de um filho dele. Afonso apanha Kiko a beijar Paula na praia precisamente no momento em que ele acaba de confessar à antiga professora que já tomou uma decisão e que é com ela quer ficar. Afonso nem quer acreditar que o Kiko que lhe roubou a namorada é agora o mesmo que a está a trair. Kiko tenta explicar-lhe que também não sabe ao certo o que se está a passar mas adianta que tem a certeza de que é com Paula que quer ficar. Afonso não percebe como é que ele prefere ficar com uma cota depois de ter feito tudo para lhe tirar Inês e dá-lhe um dia para contar tudo à namorada, antes que ele o faça.

António vai pedir satisfações a Rita e pergunta-lhe se está grávida. A rapariga tenta negar mas acaba por dizer-lhe que fez um aborto. Ele fica chocado e acusa-a de ter tomado uma decisão que não era só dela. Rita revela que soube que estava gravida depois do casamento dele e perante as insistentes acusações de António acusa-o de ter sido ele a abandoná-la e lembra-lhe que não suportaria olhar para o filho sabendo o que aconteceu. Hélder não desiste de Patrícia e fica à espera dela até ao final dos almoços. O esforço compensa. Hélder convida-a para sair depois do trabalho e Patrícia passa-lhe um guardanapo com o número de telemóvel para lhe ligar. Victor acusa Pedro de ser um traidor por o ter denunciado ao pai no esquema do concurso.

O carro da celebridade está quase sem concerto e Bruno assegura que será Victor a pagar todos os estragos. André e Cláudia fazem as pazes depois de ele confessar a sua insegurança em relação à ida dela para o campo de férias. André tem receio que ela o troque por um rapaz mais experiente mas Cláudia tranquiliza-o dizendo-lhe que é com ele que quer estar. Diz-lhe que também tem os mesmos receios que ele tem. No entanto garante-lhe que acredita que juntos vão ser capazes de aprender a estar juntos. E encaminham-se para o quarto onde finalmente André prova a si mesmo que e capaz de ser homem para Cláudia. Os dois, sentem-se muito apaixonadas e não conseguem disfarçar quando Renata e Elsa chegam. Renata percebe logo o que aconteceu.

Apesar de Fernando clamar por inocência, Sara continua a não acreditar nele e acha mesmo que o marido só se mostrou muito romântico para a fazer baixar a guarda. Fernando pede-lhe que investigue como foi feita a transferência do dinheiro da conta da empresa para a sua conta. Sara adianta-lhe que já fez isso e que já viu a listagem das chamadas do seu telemóvel. No entanto não conseguiu descobrir de onde foi feita a transferência. Fernando assegura-lhe que à hora a que foi retirado o dinheiro ele estava na capitania. Sara acusa-o então de ter uma cúmplice e aponta Carmo, porque no telemóvel de Fernando havia varias chamadas para ela. Fernando acusa-a de estar doida e lembra-lhe que tem um filho em comum com Carmo.

Kiko conta a Inês que está com Paula. Tenta desculpar-se dizendo-lhe como tudo aconteceu subitamente e como ela é uma miúda incrível mas Inês só consegue sentir repulsa e nojo dele e por isso pede-lhe para se ir embora e para a deixar. Carmo fica a saber por Joaquim que a cirurgia da mãe está marcada para o dia seguinte. Ele estranha o desconhecimento dela. Carmo decide por um ponto final na forma como mãe está a passar pela doença de forma fria a distante. Carmo e Afonso garantem-lhe que quer ela queira quer, vão ficar com ela sempre e apoiá-la, reforçando que chorar ou pedir apoio não é sinal de fraqueza porque ninguém passa pelo que ela tem de passar sozinha. Isabel acaba por se desfazer num imenso choro abraçada e apoiada pela filha e pelo neto.

Rita conta à mãe que António foi procurá-la para saber da gravidez. Luísa garante-lhe que não lhe disse nada. Luísa pensa que a filha contou a verdade mas Rita adianta que o levou a acreditar que abortou. António reage muito mal à notícia e chega a casa bêbado e ainda com vontade de beber mais. Filipa, a fingir-se decepcionada, pergunta-lhe se assinou a procuração sem imaginar sequer que o marido está assim desesperado e furioso, não por causa da empresa, mas por ter sabido que Rita estava grávida de um filho seu. Filipa esforça-se por demovê-lo de continuar a beber mas quase é agredida.

Na novela Espelho D’Água, episódio de sexta-feira, 08 de setembro – Episódio 120 –  André e Cláudia fazem as pazes depois de ele confessar a sua insegurança em relação à ida dela para o campo de férias. André tem receio que ela o troque por um rapaz mais experiente mas Cláudia tranquiliza-o dizendo-lhe que é com ele que quer estar. Diz-lhe que também tem os mesmos receios que ele tem. No entanto garante-lhe que acredita que juntos vão ser capazes de aprender a estar juntos. E encaminham-se para o quarto onde finalmente André prova a si mesmo que e capaz de ser homem para Cláudia. Os dois, sentem-se muito apaixonadas e não conseguem disfarçar quando Renata e Elsa chegam. Renata percebe logo o que aconteceu.

Apesar de Fernando clamar por inocência, Sara continua a não acreditar nele e acha mesmo que o marido só se mostrou muito romântico para a fazer baixar a guarda. Fernando pede-lhe que investigue como foi feita a transferência do dinheiro da conta da empresa para a sua conta. Sara adianta-lhe que já fez isso e que já viu a listagem das chamadas do seu telemóvel. No entanto não conseguiu descobrir de onde foi feita a transferência. Fernando assegura-lhe que à hora a que foi retirado o dinheiro ele estava na capitania. Sara acusa-o então de ter uma cúmplice e aponta Carmo, porque no telemóvel de Fernando havia varias chamadas para ela. Fernando acusa-a de estar doida e lembra-lhe que tem um filho em comum com Carmo. Kiko conta a Inês que está com Paula.

Tenta desculpar-se dizendo-lhe como tudo aconteceu subitamente e como ela é uma miúda incrível mas Inês só consegue sentir repulsa e nojo dele e por isso pede-lhe para se ir embora e para a deixar. Carmo fica a saber por Joaquim que a cirurgia da mãe está marcada para o dia seguinte. Ele estranha o desconhecimento dela. Carmo decide por um ponto final na forma como mãe está a passar pela doença de forma fria a distante. Carmo e Afonso garantem-lhe que quer ela queira quer, vão ficar com ela sempre e apoiá-la, reforçando que chorar ou pedir apoio não é sinal de fraqueza porque ninguém passa pelo que ela tem de passar sozinha. Isabel acaba por se desfazer num imenso choro abraçada e apoiada pela filha e pelo neto.

Rita conta à mãe que António foi procurá-la para saber da gravidez. Luísa garante-lhe que não lhe disse nada. Luísa pensa que a filha contou a verdade mas Rita adianta que o levou a acreditar que abortou. António reage muito mal à notícia e chega bêbado a casa e ainda com vontade de beber mais. Filipa, a fingir-se decepcionada, pergunta-lhe se assinou a procuração sem imaginar sequer que o marido está assim desesperado e furioso, não por causa da empresa, mas por ter sabido que Rita estava grávida de um filho seu. Filipa esforça-se por demovê-lo de continuar a beber mas quase é agredida. Victor veste-se a preceito para ir sair com Sebastiana. Leva umas calças rosa choque e uma camisa de cores berrantes com o colarinho levantado.

Lucinda comunica aos filhos que já pediu desculpa a Zé Paulo e a Renata mas André e Victor dizem-lhe que só acreditam quando o pai entrar pela porta de casa. Zé Paulo revela a Horácio que a mulher lhe pediu desculpa a ele e a Renata. Horácio nem quer acreditar e imagina como Lucinda deve estar. Apressa-se então a ir para casa. No mesmo instante em que Tiago entra e entrega um envelope com dinheiro a Zé Paulo para que possa recomeçar a vida com as sobrinhas noutro sítio. Mesmo sabendo que Zé Paulo não pode vender o restaurante porque é das sobrinhas, Tiago pede-lhe para pensar no assunto e diz-lhe que o negócio pode ficar suspenso durante uns tempos. Horácio chega a casa e tem uma grande recepção. Lucinda agarra-se ao pescoço dele e dá-lhe muitos beijos.

De tal forma que ele até fica agradavelmente surpreendido. Cristina almoça em casa de Pedro com os pais dele e Eunice aproveita para mostrar as fotografias do filho quando era pequeno. Depois de acabar com Kiko, Inês procura o consolo de Afonso que lhe garante que ainda não a esqueceu. Inês sente que tomou a opção errada mas Afonso assegura-lhe que foi Kiko que não soube dar valor ao que tinha e que se vai arrepender. Afonso pede-lhe para dar tempo ao tempo e presta-se a ajudá-la sempre que precisar mas aconselha-a a falar com os pais. Inês ainda hesita mas acaba por ligar à mãe e isso faz-lhe bem. Enquanto isso, Kiko sente-se um pouco perdido porque tem receio que a opção tomada não seja a certa mas Paula garante-lhe que ainda assim terá valido a pena.

Patrícia encontra-se com Hélder na mercearia depois da hora do fecho. Ele fica surpreendido com a escolha mas rapidamente percebe que Patrícia não pretende perder tempo. Os dois beijam-se e Hélder leva Patrícia para a parte de trás da loja. António passa a noite acordado na sala a beber. Quando Filipa vai ao seu encontro cerra o copo entre as duas mãos e acaba por parti-lo. Ela quer ajudá-lo mas António recusa ajuda. Sente-se desesperado e chora. Zé Paulo não sabe o que fazer com a oferta de Tiago pelo Meia Desfeita. Cláudia e Elsa também não são grande ajuda. Victor chega a casa muito contente por ter saído com Sebastiana e ter tirado fotografias com várias celebridades.

Mas ainda fica mais contente quando Sebastiana aparece em casa dele e lhe diz que as fotos dele com ela foram um sucesso nas redes sociais e que a partir de agora passarão a ser um casal, porque é isso que a imprensa diz que eles são. Victor nem hesita e alinha na jogada sem no entanto confessar que é pobre! Jarvis e Nelo queixam-se de Sal sem contar que o papagaio apanha todas as frases que eles dizem. Quando o bicho começa a contar o que eles dizem tentam calá-lo mas não sabem como. Já no hospital, Afonso, Isabel e Joaquim permanecem junto de Isabel apesar de ela pedir para ficar sozinha. Rita revela à mãe que vai com ela para São Miguel. Luísa garante-lhe que nunca mais se vão separar. Kiko pede a Inês que desista do regresso à Ilha do Pico, prometendo não se aproximar dela. Inês não esconde a mágoa que sente e deseja que ele se arrependa do mal que lhe fez.

Fonte: Espelho D’Água, novela da SIC – resumo dos próximos episódios

Vem por aí nos próximos episódios da novela Espelho D’Água – Luísa e Rita preparam-se para sair de Aveiro e partir para os Açores. Filipa tenta fazer um curativo nas feridas das mãos de António depois de ele ter partido um copo enquanto bebia e, sem sequer imaginar porque é que ele está assim, toca na ferida quando sugere que tenham um filho. António diz-lhe que não quer ter nada com ela e muito menos um filho. Acaba depois por revelar que Rita estava grávida e abortou porque acha que ele está casado e feliz com ela. António culpa Filipa de ter sido responsável pela morte do filho que queria ter com Rita. Sara continua a desconfiar de Fernando e de Carmo mas ele tenta explicar-lhe que não está a ser racional.

Que se fosse assim não tinha deixado Carmo no altar para ficar com ela. E pede-lhe para que considere a possibilidade de terem sido Rita ou Luísa as responsáveis pela transferência bancária para os separar. Para Sara essa hipótese não faz sentido. Isabel vai para a sala de operações mas antes de sair pede a Joaquim para tomar conta da filha e do neto e confessa que está cheia de medo de morrer ou de não voltar a andar. A família garante que vai estar sempre presente para apoiar. Hélder aparece logo pela manhã na mercearia com um ramo de flores para dizer a Patrícia que vai embarcar no Gafanha e que percebe se ela não quiser esperar por ele. No entanto, Patrícia pede-lhe para que a visite assim que chegue.

Zé Paulo fala com Renata sobre a proposta que Tiago lhe fez para vender o restaurante e ambos concordam que 10 mil euros são muito pouco e não chega para refazer a vida com as suas sobrinhas. Quando Tiago chega comunica-lhe que não vai aceitar a proposta. Tiago lamenta que prefira ficar exposto à contaminação mas Zé Paulo lembra-lhe que há mais pessoas na situação dele e que Sara prometeu resolver o assunto. Antes de partir para os Açores, Rita tem um assunto para tratar. Rita vai ter com Horário e pede-lhe para ir ter com ela ao gabinete de Sara porque ele vai ter tudo o que merece. Lucinda começa a sonhar alto com a possibilidade de os patrões lhe virem a dar uma casa melhor fora do bairro dos pescadores mas Eunice confessa que teria muita dificuldade em sair do local onde sempre viveu.

Com a ajuda do irmão, Victor monta um estúdio com “croma” para poder tirar fotos na companhia de Sebastiana em vários cenários e com várias pessoas. Sebastiana fica muito entusiasmada com a ideia de poder estar em festas onde nunca imaginou e divulgar isso nas redes sociais. Jarvis e Sal, muito satisfeitos, põem o carro de Pedro à venda. Cláudia procura a ajuda de Cristina na loja de maquilhagem, para ficar mais bonita. Filipa convida António para almoçar com ela e com a mãe mas o marido tem outros planos. Pretende ir à fábrica a uma reunião convocada por Rita. Filipa fica furiosa e para o provocar lembra-lhe que não é ela que o prejudica mas sim Rita que matou o filho dos dois. Odete comunica a Sara que Rita telefonou a marcar uma reunião. Sara e Fernando ficam intrigados mas Odete percebe que o clima entre eles não é o melhor e fica satisfeita com o que vê.

À medida que as horas passam Carmo fica cada vez mais ansiosa por não saber nada sobre o que se passa na sala de operações com a mãe. Joaquim tenta acalmá-la. Sara, diz a Filipa que Rita é capaz de não ter abortado e que só disse a António que tinha abortado para o afastar. Filipa não acredita muito nessa possibilidade mas fica a pensar no assunto. Rita diz a Patrícia que vai partir para os Açores e ela revela-lhe que está a namorar com Hélder. Zé Paulo continua muito preocupado com o futuro das sobrinhas mas até Hélder concorda que a proposta de Tiago é muito baixa. Hélder fica sobretudo impressionado com a nobreza de carácter de Zé Paulo que não se sente à vontade para aceitar uma proposta, sabendo que outros ficam para trás.

—–

Cláudia confessa a Renata que voltou a estar com André. Ela diz-lhe que já tinha percebido. A seguir pede-lhe para ela a ajudar a enganar o tio para poder passar uma noite com André antes de irem para fora. Renata aceita ajudá-la. Sal convence Bruno que ele entrou na segunda fase e que vai passar a receber muitos veículos que tem de sair da oficina como novos. Jarvis e Nelo tiram a fita-cola do bico do papagaio mas ele continua a dizer as frases que ouviu eles pronunciarem contra a patroa. Jarvis decide então levar o papagaio para casa para o educar. Durante a reunião na Faina Norte, Rita comunica que vai partir para os Açores e que Horácio ficará com os seus 10 por cento na empresa. Todos ficam incrédulos incluindo Horácio que não fazia ideia de nada.

Rita pede para que os dividendos sejam entregues a Horácio e lembra os restantes sócios de que se não quiserem tê-lo na fábrica podem enviá-lo para a faina onde ele sempre quis estar. Horácio agradece, mas considera a atitude de Rita uma loucura. No entanto, a rapariga não tem dúvidas sobre a assertividade da sua decisão. António ainda vai atrás de Rita e pergunta-lhe quando volta mas ela lembra-lhe que ele fez a sua escolha e garante-lhe que não pretende voltar nunca mais. Tiago fica apreensivo com a escolha de Rita sobretudo devido à influência que ele tem no Bairro dos Pescadores. Sara lembra-lhe que nesse caso a única coisa que tem de fazer é impedir que Horácio perceba o que é que eles estão a fazer.

A operação de Isabel termina e o médico comunica que correu tudo bem só resta esperar para verificar que não há sequelas ou seja que não fica paraplégica. Luísa telefona a Kiko e diz-lhe que vai partir com Rita para os Açores. Ele fica muito feliz. Jaime tem dúvidas sobre a continuidade do namoro de Kiko com a antiga professora e nem sabe como Luísa vai reagir à notícia. Kiko gostava que Jaime fizesse as pazes com a mãe e voltasse para casa mas o padrasto sabe que isso não vai acontecer. Renata ajuda Cláudia a pôr-se bonita e depois leva-a ao hotel onde vai ficar com André. Lucinda fica em êxtase ao saber que Rita deixou a quota de 10 por cento na empresa ao marido e começa logo a fazer planos do que vai comprar e fazer porque acha que vai ficar rica.

Horácio desilude-a quando lhe revela que não vai ficar sentado numa cadeira e que pretende embarcar. Lucinda quer deixar de trabalhar na Faina Norte mas Horácio diz-lhe que ela vai ter de continuar. Sal chega mais cedo e percebe que o papagaio não está. Jarvis diz a Nelo que precisa de mais tempo porque o papagaio continua a dizer frases que os comprometem perante a patroa. Sara continua a insistir com Filipa sobre a necessidade de vigiarem Rita porque não acredita que ela tenha abortado. Filipa confessa que se está a tornar insuportável lidar com indiferença de António.

Luísa acha que pode ter decidido rápido demais a mudança para os Açores mas Rita, a chorar, diz-lhe que foi a melhor solução que tomou e que é nos Açores que quer que o seu filho nasça. Fora de perigo e a recuperar muito bem, Isabel passeia pela propriedade com Afonso, seguindo devagar mas pelo seu próprio pé. Tal como tinha prometido, Sara mantém-se atenta a Rita e com a ajuda do médico que a acompanha fica a saber que ela está grávida. António vê o barco de Rita na marina e telefona para a empresa gestora a perguntar se tem tido manutenção. Dizem-lhe que não.

—–

Filipa e Sara começam a arquitectar um plano contra Rita mas para conseguirem levar a efeito os seus intentos precisam da ajuda do advogado que só se deixa convencer depois de elas lhe lembrarem que está cheio de dívidas e que tem um filho com necessidades especiais a precisar de cuidados. Fernando vai tentar convencer Hélder a deixar o mar e a juntar-se à família mas o irmão diz-lhe que não. Hélder admite que conquistou a confiança dos homens, mas já não com o propósito de os prejudicar porque que são pessoas leais e de bem. Tiago está desanimado e com vontade de desistir da construção do condomínio no Bairro dos Pescadores mas Raquel recusa-se a abandonar o projecto e insiste para que ele faça com que a mãe lhe passe o poder que tem na Faina Norte.

Raquel beija-o mas ele murmura o nome de Clara. Mesmo assim, a rapariga não se importa e continua a beijá-lo. Zé Paulo e Matilde continuam muito preocupados com o que está a acontecer ao bairro e impotentes perante a administração da Faina Norte, que se recusa a encontrar uma solução conjunta e prefere ir dando pequenas ajudas em dinheiro às pessoas que deixam as casas. Zé Paulo pede a Horácio para tentar ajudar, uma vez que também é dono de uma parte da empresa. Com Horácio na empresa, Lucinda deixa de trabalhar e vangloria-se disso junto de Renata, que está prestes a ter bebe. Mais um pretexto para Lucinda criticar Jorge, o pai da criança, por nunca aparecer. Pedro filma Vítor a dormir de boca aberta.

Está tão entretido que nem se apercebe que Bruno ficou entalado num dos carros. Bruno queixa-se da mão e do negócio que fez com Sal, que não passa de um período experimental e não paga o trabalho que tem com os carros. Sal não está satisfeita com os lucros dos carros recondicionados e decide passar a tirar quilómetros ao contador para poder vendê-los mais caros. Apesar de saber que é ilegal, justifica a vigarice com o pretexto de dar alma aos carros. António pergunta a Patrícia como está Rita e se já tem namorado. Patrícia mostra-se preocupada com ele mas António garante-lhe que o problema dele é estar casado com quem não quer e quem realmente gosta não lhe fala. De regresso do mar, Hélder vai ter com Patrícia e beija-a à frente de todos, no restaurante, situação que deixa Carmo um pouco impaciente.

Fernando convive mal com o facto de Sara o ter posto à margem de tudo e sugere que o melhor talvez seja separarem-se. Afonso recebe uma carta do tribunal a notificá-lo para apresentar outras provas porque não foi possível recolher ADN de Fernando porque ele nunca compareceu para fazer o teste. Afonso fica chocado com a atitude do pai sobretudo depois de lhe ter dito que ia assumi-lo como filho. Rita aconselha Kiko a contar à mãe que namora com Paula mas ele recusa-se a dizer a Luísa que a namorada é a professora que se envolveu com ele no liceu e que ela tentou afastar da escola. Sem que a irmã Madalena perceba que António acha que Rita abortou, o rapaz procura-a para saber notícias da ex-namorada. Confessa que o casamento dele é uma farsa, que ama Rita e que nunca conseguirá amar outra mulher.

A irmã garante-lhe que ela esta bem e que ele também devia seguir a sua vida. António repara que a irmã se prepara para partir para os Açores e pede-lhe para lhe levar um fio dele e dizer em seu nome a Rita que nunca a vai esquecer. Horácio vai falar com Sara para interceder pelas pessoas que vivem no Bairro dos Pescadores mas como ela não aceita falar sobre as indemnizações a pagar, ele decide convocar uma reunião. Renata combina com Filipa os detalhes do fim da gravidez ou do disfarce da gravidez e a chegada da criança que vai adoptar. Elsa acaba por revelar a Cláudia que tem um namorado mas sem dizer o nome. Afonso parte para o continente para ir falar com o pai e perceber porque não o perfilhou. Joaquim avisa Carmo, que promete ficar atenta. Entretanto, Patrícia revela a Filipa que António esteve no restaurante e queria saber como estava Rita. Filipa fica agastada e recusa-se a falar da sua vida.

—–

Sara e Fernando percebem que estão prestes a separar-se mas, quando nada o fazia esperar, Sara propõe-lhe fazerem terapia. Fernando, fica surpreendido mas aceita dizendo-lhe que fará tudo o que for necessário para ficar com ela. André vai ter com Cláudia na esperança de poderem jantar juntos mas a rapariga sugere que fiquem em casa e peçam uma piza. Como se não bastasse, ainda convida a irmã. André desiste e vai embora. Acaba por confessar a Vítor que acha que Cláudia não quer estar com ele porque ele é um falhado e não tem sucesso em nada do que faz. Sebastiana está furiosa porque deixou de ter comentários nas redes sociais e decide que o melhor é separar-se de Vítor com quem na realidade nunca namorou, para assim criar um grande escândalo que as revistas possam aproveitar para divulgar.

Lucinda continua a pavonear-se, reclamando para si o título de rainha do bacalhau e Matilde não gosta nada da atitude dela. Zé Paulo decide chamar a comunicação social e contar o que se está a passar com a Faina Norte e o Bairro dos Pescadores. Horácio aprova a ideia. Eunice deita as cartas a Raquel e diz que Clara pode prejudicá-la se ela teimar em fazer-se passar pela irmã, sem a deixar descansar depois de morta. Raquel recusa aceitar essa ideia e acha que a carta se refere a Sara. Filipa vê fotos do barco de Rita no telemóvel de António. Mais uma vez tenta aproximar-se dele mas António não lhe liga nenhuma. Rita fica muito feliz por ver a irmã Madalena nos Açores. Carmo liga para Afonso mas não consegue falar com ele porque o telemóvel está sempre desligado.

O rapaz já está frente a Fernando que pressionado por Sara acaba por dizer ao filho que resolveu suspender o processo para o perfilhar porque este não é o momento indicado para avançar com a acção. Afonso nem consegue acreditar no que ouve. Carmo não consegue falar com Afonso e Isabel acredita que finalmente o neto vai ficar a perceber que tipo de pessoa é o pai, pois sabe que Fernando o andou a iludir, porque nunca o quis perfilhar. Isabel tem razão. Assim que fala com o pai, Afonso percebe que a avó tinha razão quando o tentou manter distante de Fernando. Afonso quer ir embora mas Fernando pede-lhe que falem a sós no escritório. Fernando oferece dinheiro a Afonso e garante-lhe que poderá continuar a chamar-lhe pai, só não podem colocar isso no papel.

Afonso, inicialmente, recusa aceitar o dinheiro porque não é isso de que precisa e acusa-o de estar somente a fazer a vontade de Sara. No entanto, ao ir embora, acaba por levar o cheque consigo. Fernando pede-lhe desculpa mas Afonso já não responde. A irmã Madalena confessa a Rita que lhe faz muita confusão que António não saiba que está prestes a ser pai. No entanto, Rita diz-lhe que pensar em António só lhe dá raiva e isso não lhe faz bem nem a ela nem ao bebe. Em casa, António continua a desdenhar Filipa que acaba também por beber um pouco demais, ficando embriagada e cambaleante. Lucinda critica Horácio por ter decidido participar na manifestação dos pescadores porque acha que ele, tendo 10 por cento da Faina Norte, não pode participar num protesto contra a própria empresa.

Horácio não lhe dá razão e mantém-se firme nos seus propósitos. Victor conta a André que terminou o namoro com Sebastiana por uma questão de estratégia. Namoro que aliás nunca chegou a existir. Elsa envia fotos ao suposto namorado em poses e com a camisola descaída a ver-se o ombro. A irmã chama-lhe à atenção e pede-lhe para ter cuidado ao enviar aquele tipo de fotos. No entanto, Elsa acha que não tem mal nenhum e diz-lhe que se ela fizer queixa ao tio, Zé Paulo vai ficar a saber que ela já dormiu com André. Depois da decisão de Fernando em não perfilhar o filho, Sara fica satisfeita dá-lhe uma trégua. No entanto, nem mesmo assim desiste da ideia de fazer terapia de casal.

—–

António diz a Filipa que não gosta de a ver chorar e que se sente infeliz com a situação que criou deve pedir o divórcio porque dele nunca vai ter nada. Filipa não está disposta a ceder e por isso decide canalizar toda a sua raiva para a rival Rita para o seu filho, que está prestes a nascer. Filipa liga ao Dr. Vasques, que lhe garante que o bebe está prestes a nascer. Filipa adianta-lhe que vai estar pronta para o receber. Quando Rita entra no gabinete do Dr. Vasques para ser consultada, o médico percebe que na sua conta bancária já foram depositados 15 mil euros. Afonso regressa a casa e confirma a Carmo que Fernando não quer perfilhá-lo. O rapaz adianta que vai terminar com o processo e que agora é ele que não quer ter um pai que o rejeita.

Carmo prontifica-se para o registar mas Afonso diz-lhe que não quer ser filho de pai incógnito e que por isso prefere manter tudo na mesma, sem pai e sem mãe. Horácio leva um abaixo-assinado às trabalhadores por causa da manifestação de protesto contra a Faina Norte mas só Eunice parece disposta a assinar. As outras têm receio de perder o emprego. Cláudia comenta com Renata que está preocupada com Elsa por ela andar a enviar fotos em pose sexy ao rapaz que conheceu no campo de férias. Renata aconselha-a a falar com a irmã sobre os cuidados que deve ter num relacionamento e as mudanças que o seu corpo está a ter. Seguindo o conselho da amiga, Cláudia conversa com Elsa mas a irmã não lhe presta atenção e dá a entender que já sabe tudo porque também tem amigas e não está a pensar ir para a cama com ninguém.

Sal aborda Victor e sugere-lhe que a altere os quilómetros dos carros que ele arranja, para poder vendê-los mais caros. Victor aceita desde que receba para fazer a mudança e para se manter de boca fechada. Sal aceita e os dois fecham negócio. Lucinda ainda os vê a apertarem a mão e não gosta nada. Victor assegura-lhe que são só negócios. Passados 7 meses, Jarvis traz de volta à empresa o papagaio de Sal porque acha que já conseguiu ensiná-lo a não repetir frases insultuosas sobre a patroa, ditas pelos empregados. No entanto, as suas esperanças caiem por terra quando o papagaio volta a dizer que Sal é um burro velho. Jarvis fica aflito mas sem hipótese de fuga porque a patroa ouve o seu animal de estimação e aparece logo.

Jarvis ainda sugere levar o pássaro para descansar mas ela decide cancelar todos os seus compromissos para poder estar junto de Mike. António vai para o barco de Rita munido de produtos de limpeza para ali passar o dia a fazer a manutenção. Rita começa a sentir contracções e a irmã Madalena aconselha-a a ir para o hospital. O Dr. Vasques diz para irem ter com ele. Pelo caminho avisam Luísa, que pede autorização a Isabel para ir ter com a filha. Ao chegar ao consultório, o médico diz-lhe que terá de fazer o parto mesmo ali no consultório porque já tem muita dilatação e não aguentaria a viagem até ao hospital. Carmo vai à empresa acusar Fernando de ser um cobarde por ter voltado atrás na decisão de perfilhar Afonso. Fernando tenta justificar-se e lembra-lhe que ela também nunca foi mãe.

Carmo garante-lhe que nunca mais quer vê-lo. Ao sair ainda se cruza com Sara a quem acusa de ser responsável pela decisão de Fernando. Filipa avisa Renata para se preparar porque no dia seguinte vai ser mãe. Renata pergunta-lhe de onde vem o bebe mas ela não diz. A seguir, Filipa telefona a Sara que confirma que o avião está pronto e que a bordo segue também uma enfermeira para a ajudar. Entretanto, Sara chama Tiago para lhe mostrar o abaixo-assinado dos trabalhadores, que acaba de receber. Sara aconselha-o a aproximar-se de Horácio e diz-lhe que se não serve para controlar as pessoas que trabalham para ela então não serve para gerir nada. Tiago promete resolver o assunto. Entretanto, Raul oferece-se para imprimir por sua conta os cartazes para a manifestação e Zé Paulo fica muito satisfeito com a notícia. Matilde não acredita que a manifestação venha a produzir resultados e que a empresa possa reconsiderar a sua posição em relação às indemnizações.

—–

Cláudia conversa com Elsa e alerta-a para os perigos que corre ao publicar fotos na internet. A irmã reage mal a princípio mas depois acaba por aceitar os conselhos de Cláudia. Tiago interpela Hélder e critica-o por não o ter avisado de que os moradores do bairro estão a organizar uma manifestação. O tio mente e responde que não sabia de nada, ao mesmo tempo que promete tentar demover as pessoas. Entretanto, Patrícia recebe uma mensagem da irmã Madalena. Rita dá à luz mas assim que o bebe nasce o médico coloca-o noutra marquesa referindo que a criança tem de ser imediatamente transportado para o hospital porque esta com o cordão enrolado ao pescoço. Rita pede para ver o filho mas o médico não permite e dá-lhe uma injecção para se acalmar.

Ao seu lado, Luísa não se apercebe de nada, nem da cumplicidade da enfermeira que assiste ao parto e leva o bebe até à ambulância onde Filipa está à espera com outra enfermeira. Sara volta a exigir que o filho trate de resolver o problema da manifestação e da construção do condomínio no Bairro dos Pescadores, ameaçando mesmo encontrar alguém para resolver o assunto se ele não for capaz. Raquel não gosta do que ouve e critica fortemente Sara por não confiar no filho e por não lhe dar mais poder para ele poder tratar do assunto. Rita acorda e fica a saber que o seu bebé morreu. O médico mente e diz-lhe que não tem boas notícias. Refere que a criança tinha o cordão umbilical enrolado ao pescoço, que fez tudo para o salvar mas que infelizmente o menino chegou sem vida ao hospital.

Na Mercearia o dia corre muito animado e Patrícia tem o privilégio de cozinhar ao lado de um chefe profissional. Tiago informa Sara e Raquel de que tomou algumas medidas para travar os protestos das pessoas e evitar a manifestação. Sara distrai-se por momentos ao receber uma mensagem de Filipa. A Irmã Madalena conversa com Kiko, ansiosa por não saber ainda nada do parto de Rita e confessa que lhe custa muito que ela e António não se tenham entendido. Rita está desesperada e triste e acusa o médico de não ter estado à altura da sua obrigação. O médico tenta desculpar-se mas Rita só quer ir embora para casa, afastar-se do local onde perdeu o filho para sempre. Entretanto, Filipa telefona a Renata e pede-lhe que esteja atenta porque o bebé vai ser-lhe entregue.

Entretanto, Elsa vê no facebook um post de Renata a dizer que o bebe vai nascer. Cláudia estranha que ela não tenha dito nada e que tenha ido sozinha. Elsa avisa o tio e Zé Paulo também fica aborrecido por Renata não ter dito nada. Vai para casa e liga para todos os hospitais mas não consegue saber nada. Liga-lhe para o telemóvel mas ela também não atende. Zé Paulo decide então ir deitar-se e esperar por notícias. Em casa e não no hospital, Renata recebe o bebé envolto em mantas trazido pelas mãos de uma enfermeira que nada lhe diz. Rita está ainda em choque por ter perdido o bebé e afirma que nunca vai recuperar da tragédia. Kiko liga a Jaime para o colocar a par do sucedido.  Sara, diz a Fernando que vai tomar as rédeas do negócio do Bairro dos Pescadores e afastar Tiago porque já percebeu que ele não é capaz de resolver os problemas que surgem.

Sara, não quer que a situação chame à atenção da Imprensa, prejudicando a fábrica. Tiago continua a pensar numa solução e Raquel tenta motivá-lo e incentiva-o a fazer frente à mãe. Zé Paulo continua muito enervado por não ter notícias de Renata mas Cláudia tranquiliza o tio. Entretanto, Renata recebe o bebé que foi roubado a Rita e que agora lhe é entregue como se do seu próprio filho se tratasse. Victor fala com Sebastiana e fica a saber que nenhuma revista pegou na zanga dos dois e no final do namoro. André acha que ele está interessado em Sal. Lucinda nem quer ouvir falar nessa possibilidade e não perde tempo. Vai até ao stand de Sal e diz-lhe para não se meter com o filho e ir embora. A rival começa a provocá-la e diz-lhe que com o marido não quer ter nada, já com o filho é diferente. As duas quase chegam a vias de facto e Jarvis vê-se obrigado a intervir e a colocar Lucinda fora do stand.

Real Time Web Analytics
%d bloggers like this: