Novela “Ouro Verde” resumo 30/08: Maria Teresa conta que Otelo é seu filho e de José

Novela “Ouro Verde” resumo 30/08:  Salvador, José, Amanda, Maria Teresa, Mónica e António tomam o pequeno-almoço em silêncio quando Rita chega e Maria Teresa aproveita o momento para dizer que tem uma coisa importante a contar à família. José tenta interrompê-la, sem sucesso, a acabar por sair para a sala, e Maria Teresa revela que Otelo é filho dela e de José. António e Amanda perguntam a José se é verdade e José, aflito, diz a Amanda que pode explicar. Bia e Jorge entram naquele momento e ficam a saber que Otelo é filho de José e Maria Teresa. Rita pede a José uma lista de filhos bastardos, pois já é o segundo do ano e Amanda ainda não quer acreditar, com Maria Teresa a dizer aos presentes que o filho da sopeira, afinal, é um Ferreira da Fonseca e merece o mesmo respeito que outro qualquer. José pergunta a Maria Teresa se está a fazer aquilo por dinheiro e Maria Teresa não precisa do dinheiro dos Ferreira da Fonseca para nada, a afirmar só querer que José assuma Otelo, tal como assumiu o filho de Amanda. Maria Teresa ataca José, a dizer que ele ostracizou Otelo e que se aproveitou da ingenuidade dela para a convencer a emigrar, mas José diz que sempre deu a Otelo as mesmas oportunidades de Miguel e António, leva Maria Teresa, furiosa, a dar exemplos de situações onde Otelo foi preterido, o que deixa Amanda muito impressionada. Rita diz que Maria Teresa não deve ter sido propriamente uma santa para ter ido para a cama com o cunhado. Mónica diz que deve ser de família. Amanda quer perceber como isso aconteceu. José conta que Maria Teresa, a aproveitar o facto de ser igual a Pilar, se enfiou na cama dele e José afirma só ter percebido o equívoco quando Pilar chegou a casa, pois havia saído com umas amigas. Todos ficam chocados com Maria Teresa que se justifica a dizer que o conheceu antes da irmã. Jorge pergunta a José se Otelo sabe, mas Maria Teresa antecipa-se e mente a dizer que não, a aproveitar para perguntar a José se conta ela a verdade ou conta ele. Maria Teresa diz a José que, depois de saber que ele assumiu o filho de Amanda, ficou à espera que fizesse o mesmo com Otelo, o que mostra que ele tem filhos de primeira e outros de segunda. Amanda sai e José vai atrás dela, mas antes ainda diz a Maria Teresa para se ir embora e para contar ela a Otelo. Bia pede a Maria Teresa para ir embora. Bia e Jorge tentam ser cordiais com Maria Teresa e disponibilizam-se para lhe marcar um hotel, mas Maria Teresa mostra-se indignada por estar a ser expulsa por apenas dizer a verdade. Mónica pede que Maria Teresa compreenda a posição deles e Rita convida Maria Teresa para ficar em casa dela. Maria Teresa vai com Berta para tratarem das malas e Bia, Jorge, António, Mónica e Salvador olham incrédulos para Rita a querer saber que raio de ideia foi aquela de convidar Maria Teresa para casa dela. Jorge dá a entender a Bia, Mónica e Salvador que talvez esta história não seja novidade para Otelo. Amanda começa a fazer a mala e diz que vai para a sua casa, a deixar José chocado. António deixa Rita em casa e diz-lhe que achou bem a atitude dela em convidar Maria Teresa. Jorge diz a Bia e Mónica que bem suspeitava de que havia mais qualquer coisa entre Otelo e Maria Teresa, não se ficar a saber até que ponto Maria Teresa ajudou Miguel a tramar Jorge. Mónica fica chocada ao pensar que Maria Teresa pode estar envolvida no rapto de Mafalda. Jorge pede calma e diz que têm de saber se Otelo já sabia ou não que era filho de Maria Teresa.

No episódio 191 (*), novela “Ouro Verde”- 2ª. temporada, quarta-feira, 30 de agosto – António e Amanda perguntam a José se é verdade e José, aflito, diz a Amanda que pode explicar. Bia e Jorge entram naquele momento e ficam a saber que Otelo é filho de José e Maria Teresa. Miguel pergunta a Otelo se foi ele quem contou a Maria Teresa, pois mais ninguém, além dos dois, sabia do que se passou, e Otelo finge-se ofendido. Lúcio diz à irmã que ela não devia ter-lhe escondido que foi Joaquim quem matou a Margarida, pois ela pode ser acusada de cumplicidade com Joaquim e ser presa, o que deixa Judite em pranto. Rita pede a José uma lista de filhos bastardos, pois já é o segundo do ano e Amanda ainda não quer acreditar, com Maria Teresa a dizer aos presentes que o filho da sopeira, afinal, é um Ferreira da Fonseca e merece o mesmo respeito que outro qualquer.

Otelo reforça que não fez nada e Miguel quer saber se ele contou a alguém, mas Otelo, exasperado, diz que não, relembrando-se de um momento importante da sua vida. Otelo está a ser recebido em Genebra por Maria Teresa, que lhe agradece por ter ido assim que ela o chamou e Otelo mostra-se curioso com o chamado dela. Laurinda entra em casa de Rita a falar ao telemóvel contando a Berta o que ficou a saber e diz-lhe para ir ouvir o resto da conversa. Bernardo e Sancha entram e querem saber sobre o que Laurinda falava ao telefone e esta acaba por contar que Otelo é filho de José. Gonçalo recebe uma chamada de Inês a dizer que precisa de falar com ele sobre Pedro, ficando ela de passar na «Mundo Verde». José pergunta a Maria Teresa se está a fazer aquilo por dinheiro e Maria Teresa não precisa do dinheiro dos Ferreira da Fonseca para nada, afirmando só querer que José assuma Otelo, tal como assumiu o filho de Amanda.

Judite, aflitíssima, diz a Lúcio que não pode ser condenada, pois não teve nada a ver com o crime, mas Lúcio diz que ela é culpada por ter ficado calada e mentir para encobrir o marido num crime horrível. Bernardo e Sancha nem querem acreditar no que Laurinda contou, com eles a constatarem que a mãe se envolveu com todos os homens da família: António, Miguel e Otelo. Laurinda lembra-os que também se envolveu com Tomás. Maria Teresa ataca José, dizendo que ele ostracizou Otelo e que se aproveitou da ingenuidade dela para a convencer a emigrar, mas José diz que sempre deu a Otelo as mesmas oportunidades de Miguel e António, leva Maria Teresa, furiosa, a dar exemplos de situações onde Otelo foi preterido, o que deixa Amanda muito impressionada.

Otelo está com Maria Teresa em Genebra e esta conta-lhe, pedindo-lhe segredo, que ele é filho dela e de José. Otelo, ainda abstraído nos seus pensamentos, está com Miguel, que repara que Otelo não ouviu nada do que ele disse. Lúcio está muito zangado com Judite, que, a chorar, diz que ela achava que Joaquim era boa pessoa e que foi uma vítima, sabendo agora que foi burra e se deixou levar. Cláudia está muito feliz com a gravidez de Jéssica, com Hadja a partilhar a felicidade com a filha e Jéssica a mostrar desconforto. Quando Cláudia sai, Jéssica, irritada, pergunta a Hadja por que contou à filha e Hadja relembra Jéssica de que foi ela que se descaiu. Rita diz que Maria Teresa não deve ter sido propriamente uma santa para ter ido para a cama com o cunhado.

Mónica diz que deve ser de família. Amanda quer perceber como isso aconteceu. Miguel queixa-se a Otelo de ter falado para o boneco, mas Otelo afirma que ele está com a mania das conspirações, ao que Miguel responde estar com a sensação de que Maria Teresa voltou para se vingar dele. Otelo volta a embrenhar-se nos seus pensamentos. Otelo está em Genebra com Maria Teresa, ainda um pouco atordoado por saber que é filho dela e de José e acaba por contar que o acidente que Guillaume sofreu foi encomendado por Miguel. Júdite tenta justificar-se a todo o custo perante o irmão, mas Lúcio confronta-a e pergunta-lhe se ela acreditava mesmo que a Margarida que Joaquim lhe pintou era a pessoa que ela conhecia e de quem era amiga. Jéssica, irritada com Hadja, diz-lhe que percebeu a ideia dele, ao insistir na mentira para torná-la numa verdade e Hadja pergunta-lhe se ela vai contar a Gonçalo do filho.

José conta que Maria Teresa, aproveitando o facto de ser igual a Pilar, se enfiou na cama dele e José afirma só ter percebido o equívoco quando Pilar chegou a casa, pois havia saído com umas amigas. Todos ficam chocados com Maria Teresa que se justifica dizendo que o conheceu antes da irmã. Jorge pergunta a José se Otelo sabe, mas Maria Teresa antecipa-se e mente dizendo que não, aproveitando para perguntar a José se conta ela a verdade ou conta ele. Judite diz que sempre teve a melhor impressão de Margarida, mas que só soube o verdadeiro nome dela depois desta morrer, afirmando que a sua única culpa foi ter amado um bandido, mas Lúcio diz à irmã para não se vitimizar. Otelo está em Genebra com Maria Teresa que quer saber a razão de Miguel ter mandado matar Guillaume.

Otelo conta que Miguel descobriu a carta de suicídio da mãe, que dizia ia por termo à vida por não suportar o choque e a vergonha de saber que o marido tinha tido um filho com a irmã, e Miguel quis que Maria Teresa sofresse o que ele sofreu por ter perdido a mãe. Maria Teresa fica chocada. Otelo diz ainda que Miguel lhe contou há pouco tempo e arrasado diz ainda que afinal era ele quem Miguel queria matar. Otelo continua a falar com Miguel e diz que não o pode ajudar, mas Miguel diz que, se ele cair, Otelo vai junto, pois Miguel não tem nada a perder. Paula e Cátia saem em defesa de Judite, mas Lúcio manda-as calar, chamando-lhes interesseiras. Sérgio também defende Judite, lembrando Lúcio de como a mãe é ingénua e Lúcio pergunta Judite se mais alguém sabe daquilo, ao que Judite responde que o só o padre Sebastião.

Maria Teresa diz a José que, depois de saber que ele assumiu o filho de Amanda, ficou à espera que fizesse o mesmo com Otelo, o que mostra que ele tem filhos de primeira e outros de segunda. Amanda sai e José vai atrás dela, mas antes ainda diz a Maria Teresa para se ir embora e para contar ela a Otelo. Maria Teresa quebra o silêncio gélido pedindo um cocktail. Bia pede a Maria Teresa para ir embora. Hadja está ansioso e que saber se Jéssica quer contar do filho a Gonçalo. Jéssica diz que nem ele nem ela podem mudar a paternidade da criança. Hadja diz que ela está a complicar. Jéssica não acha justo para Gonçalo, mas Hadja diz que não vem mal nenhum ao mundo por Gonçalo ficar na ignorância e eles podem ter o filho que tanto queriam.

Jéssica diz que ele é capaz de ter razão, mas que se sente incomodada com isso. Otelo fica curioso e quer saber que história é aquela de Miguel não ter nada a perder, mas Miguel diz que é maneira de falar, afirmando que pouco falta acontecer-lhe e pede a Otelo para ir tratar do que ele pediu e para não se esquecer que, se Miguel cair, Otelo vai atrás. Judite conta a Lúcio que Padre Sebastião ficou a saber em confissão e que sugeriu que ela falasse com Lúcio, mas que a avisou que, relativamente a Vera, não iria ficar de braços cruzados, o que faz com que Lúcio comece a perceber o comportamento do padre no caso de Vera. Bia e Jorge tentam ser cordiais com Maria Teresa e disponibilizam-se para lhe marcar um hotel, mas Maria Teresa mostra-se indignada por estar a ser expulsa por apenas dizer a verdade.

Mónica pede que Maria Teresa compreenda a posição deles e Rita convida Maria Teresa para ficar em casa dela. Inês chega à «Mundo Verde» com um ar arrasado e explica ao irmão que não tem com quem falar, já que Bia era a única pessoa com que podia contar, e Gonçalo critica Inês, mas dispõe-se a ouvi-la, levando Inês a desabafar que a sua vida está um caos. José está no quarto a implorar a Amanda, que chora, para o ouvir, mas Amanda está magoada por ele não lhe ter contado de Otelo. Paula, Cátia e Sérgio tentam parar a conversa entre Lúcio e Judite, mas Lúcio continua a dizer que o que Judite fez é crime e Paula arrasta Lúcio dali. Paula diz a Lúcio para acabar a conversa e que se ele ficar calado é como se nada se passasse, afirmando ainda que Judite foi iludida e que a culpa até foi dele que a apresentou a Joaquim.

Lúcio nem se consegue defender porque Paula interrompe enervada e pede-lhe que fique do lado da família. Maria Teresa vai com Berta para tratarem das malas e Bia, Jorge, António, Mónica e Salvador olham incrédulos para Rita querendo saber que raio de ideia foi aquela de convidar Maria Teresa para casa dela. Inês conta a Gonçalo do egoísmo de Pedro, da conversa com António e de como sente que estragou tudo, mas Gonçalo diz-lhe que ela não ouve ninguém e, por isso, acaba por se dar mal. Amanda diz a José que ele devia ter criado Otelo e José diz que sempre lhe deu tudo do bom e do melhor, mas Amanda diz que não se referia a dinheiro, afirmando que Otelo não foi uma criança feliz.

Rita diz a Mónica que julgava que estava a ajudar ao convidar Maria Teresa para casa dela e Mónica é irónica com Rita, que acaba por se retirar, levada por António. Jorge dá a entender a Bia, Mónica e Salvador que talvez esta história não seja novidade para Otelo. Amanda começa a fazer a mala e diz que vai para a sua casa, deixando José chocado. António deixa Rita em casa e diz-lhe que achou bem a atitude dela em convidar Maria Teresa. Rita fica com um ar sonhador que é rapidamente interrompido por Sancha e Bernardo que entram querendo saber se é verdade.

Bernardo confronta a mãe com o facto de se ter envolvido com todos os homens da família. Jorge diz a Bia e Mónica que bem suspeitava de que havia mais qualquer coisa entre Otelo e Maria Teresa, não se sabendo até que ponto Maria Teresa ajudou Miguel a tramar Jorge. Mónica fica chocada ao pensar que Maria Teresa pode estar envolvida no rapto de Mafalda. Jorge pede calma e diz que têm de saber se Otelo já sabia ou não que era filho de Maria Teresa. Otelo entra e, ao vê-lo, Bia diz que sabe como descobrir.

Novela “Ouro Verde” – resumo dos próximos episódios

(*) edição da TVI, Novela “Ouro Verde”, sujeito a alteração de data e conteúdo.

Real Time Web Analytics
%d bloggers like this: