Novela “Espelho d’Água” – Sinopse

Novela Espelho d’Água – SIC Portugal – Uma novela centrada na luta de uma mulher, a quem roubaram tudo, e que tenta descobrir a família desaparecida e ficar com o único homem que pode amar. RITA é uma mulher que se sente sozinha no Mundo, e que procura a mãe e o irmão, desaparecidos há vinte anos, depois de o seu pai ter sido assassinado em circunstâncias pouco claras. A mãe, LUÍSA, profundamente perturbada e que sabe quem cometeu o crime, fugiu logo a seguir, levando consigo o filho ainda bebé, KIKO, e nunca mais deu notícias. Aos 24 anos, Rita sabe finalmente os nomes dos seus pais, através do dossier do centro que a acolheu em criança. Nesse momento decide abandonar a Marinha, onde faz carreira, transforma a busca pela família a missão da sua vida. Nesse mesmo dia apresenta-se na Faina Norte, a empresa que pertencera ao seu pai. É ali que começa a busca. Mas Rita não imagina que está a pôr-se nas mãos das pessoas que assassinaram o seu pai.

SARA e FERNANDO, hoje, estão casados e à frente da Faina Norte. Quando Rita chega, é ameaçada a harmonia em que viviam. Apaixonados desde adolescentes, foram eles que planearam e executaram o crime, há vinte anos, com o objectivo de ficarem juntos. Mas o plano não correu exactamente como era esperado. O marido de Sara, Rui, acabou por não morrer, e houve uma vítima colateral que foi Álvaro, o seu sócio. Tudo o que Sara mais preza – os filhos e a empresa – passa a estar em risco. Por isso, está decidida a impedir Rita de chegar à mãe e de saber a verdade acerca da morte do pai. Mas, apesar dos esforços de Sara, Rita revela-se um perigo muito real. Hoje, a mãe de Rita trabalha numa plantação de chá nos Açores, em São Miguel. Foi ali que Luísa se escondeu, sob falsa identidade e acredita que nunca mais teria de se confrontar com o pesadelo que deixara para trás. Só que, afinal, encontra-se muito mais próxima do homem que matou o seu marido do que alguma vez imaginara.

Há vinte anos, Fernando estava para se casar com CARMO, filha dos donos da plantação de chá, mas este abandonou-a no altar, para ficar com Sara. O drama de Carmo marcaria para sempre a família Goulart, uma vez que ela se encontrava grávida de Fernando. E depois de muitas discussões sobre o que fazer com aquela criança, acabam por ser os pais de Carmo a assumir a paternidade do neto. Quando, vinte anos depois, Fernando descobre que tem um filho e vai atrás dele para o conhecer Luísa fica novamente em perigo. É nesse momento que Luísa começa a ceder e se dispõe a tentar encontrar a filha, e a enfrentar os pesadelos que a torturam há tantos anos e que a levaram a esconder a terrível verdade de JAIME, o homem com quem vive, e do filho Kiko.

Sara quer livrar-se de Rita e tudo faz para que isso aconteça. Rita, que é uma sobrevivente, não se deixa abater e as duas envolvem-se numa guerra cada vez mais dura, que apenas terminará com a destruição de uma delas. Mas esta é uma luta desigual. Rita tem inicialmente apenas a sua força de vontade e um punhado de amigos. Mas um aliado inesperado, Rui, que regressa secretamente em busca de vingança contra aqueles que tentaram matá-lo, e que depois tudo fizeram para que fosse acusado da morte do sócio e amigo. Nesta caminhada, há mais alguém que entra na vida de Rita.

Para desespero de Sara, ANTÓNIO, o filho mais novo dela e de Rui, apaixona-se por Rita. É um amor arrebatador, que vai ser posto à prova por Sara, que tudo fará para o impedir, embora em vão. A paixão de Rita e de António vai falar sempre mais alto. Rita, que sempre sonhou ter alguém com quem partilhar a vida, compreende que António é o homem que lhe está destinado, como se os dois tivessem feitos um para o outro. Também António se rende à evidência da paixão. A história deles é de uma ligação inevitável, que começou quando ainda eram crianças e nunca mais terminará. Também o reencontro de mãe e filha é inevitável, mas as duas têm feridas profundas para tratar. Acabarão por perceber que tudo o que passaram foi um pesadelo e que saírem dele só depende de ambas.

Espelho d’Água é profundamente marcada pelas imagens de mar e de pesca do bacalhau; Aveiro, Ílhavo e Açores são os espaços geográficos em que se movimentam as personagens. Uma novela dramática, de alguém a quem roubaram tudo, mas que encara o futuro com a força e o humor de quem está disposta a lutar até ao fim.

Fonte: Espelho d’Água, novela da SIC

Real Time Web Analytics
%d bloggers like this: