Novela “Rainha das Flores” – resumo dos próximos episódios

rainha_das_flores_episodios_resumo_sic_Novela Rainha das Flores – a SIC Portugal divulgou o resumo dos próximos episódios da novela Rainha das Flores que César fica emocionado depois de escutar as explicações do pai para justificar a sua vontade de por termo à vida. Na novela Rainha das Flores, episódio de quinta-feira, 23 de fevereiro – Episódio 236 – Ana Clara encontra casualmente Sofia no café e pergunta-lhe se está bem, depois de ter sofrido o acidente de automóvel quando tentou atropelar Narcisa. Zé Manuel aparece de surpresa e fica muito transtornado ao ver mãe e filha juntas. Aos gritos, chama mentirosa a Ana Clara e quando Maria e Sofia lhe pedem para falar mais baixo fica ainda mais descontrolado e precipita-se sobre Sofia apertando-lhe o pescoço e vociferando que ela não vai ficar sozinha com a sua mulher.

Sofia fica em pânico, tentando libertar-se. Zé Manuel tenta estrangular Sofia perante o pânico de Maria e Ana Clara que tudo fazem para o afastar. Joana entra no café naquele momento e ajuda-as a fazer com que o homem largue Sofia. Zé Manuel insulta Ana Clara e acusa a mulher de lhe ter mentido e de estar de novo junta com Daniel e Sofia, qual família feliz. Maria agarra numa tesoura e ameaça-o, fazendo com que Zé Manuel saia do café, embora ameaçando a mulher de a retaliar por o ter enganado. Ana Clara fica desesperada e pede desculpa a Sofia pela atitude do marido, confessando que já não o conhece. César mostra-se inconformado com o facto de Rute, Marcelo, Piedade e Rui terem decidido esperar que Fialho abandone a ideia de pôr termo à vida e propõe-se ir falar com o pai sobre a sua vontade.

Marcelo duvida que ele consiga demovê-lo, o que deixa César muito irritado. Rosa fica incrédula quando chega ao café e é confrontada com a agressão de Zé Manuel a Sofia. Esta, por seu lado, conta à madrasta que decidiu não regressar aos Estados Unidos e que vai ficar a ajudá-la a expulsar Narcisa da Floriz. Rosa fica preocupada mas aceita a ajuda e conta a Sofia a proposta que fez a César para recuperar a parte da empresa que ele lhe roubou. Daniel confessa a Mara a sua preocupação pelo facto de Sofia ter decidido ajudar Rosa a recuperar tudo o que Narcisa lhe roubou. Beatriz conta a Ana Clara que já arranjou uma pessoa para a substituir mas ela mal consegue digerir a boa notícia e acaba por confessar a sua angústia por ter discutido novamente com Zé Manuel.

Beatriz mostra-se penalizada e é de opinião que o marido não a merece. Ana Clara fica incomodada e muda de assunto. Daniel obriga Sofia a fazer queixa na polícia contra Zé Manuel, indignado por ele ter tentado estrangulá-la. Ana Clara confessa a Samuel que tem medo de voltar para casa e enfrentar o marido. O padre diz que vai falar com ele para que se acalme. Filipe recebe uma chamada que não atende e justifica a Marisa que se trata de trabalho. Ela mostra vontade de conhecer a casa onde ele vive e o namorado sugere-lhe que jantem lá nessa mesma noite. Hugo ensaia as suas piadas ao pé de Gabriela e Vasco e a namorada dá-lhe sugestões que o deixam irritado. Depois de Hugo se afastar, Gabi comenta com Vasco que se ele não melhorar a forma de contar as anedotas vai ter problemas com o público durante o concurso.

Rafa conta com grande entusiasmo a Bruno que conseguiu uma entrevista para um emprego. O amigo também não esconde a sua satisfação por Sofia ter decidido ficar em Portugal e garante que vai lutar pelo seu amor. Daniel, furioso, procura Ana Clara em casa de Beatriz e diz-lhe que apresentou queixa na polícia contra o marido dela e avisa-a de que se ele voltar a importunar a filha reagirá. Ana Clara fica muito angustiada e promete falar com Zé Manuel. Zé Manuel desabafa com Samuel quando recebe uma chamada de Ana Clara a avisá-lo que Daniel apresentou queixa dele na polícia. Descontrolado e furioso, ameaça a mulher, enquanto o padre lhe pede que se acalme.

Ana Clara fica apavorada com receio do que o marido lhe possa fazer por pensar que ela se relaciona com Daniel e Sofia e diz a Beatriz que tem um grande favor para lhe pedir. Sofia conta a Cármen a agressão de que foi vítima por parte de Zé Manuel e que já foi apresentada queixa contra ele na polícia. A avó fica incrédula com toda a situação e Rodrigo aconselha a namorada a ter cuidado com o marido da mãe. Entretanto. Depois de Sofia e Rodrigo saírem da cozinha, Jam Po aparece e abraça Cármen, que se deixa envolver pela sua voz doce ao pedir-lhe para relaxar. Lurdes interrompe o momento e Cármen fica muito atrapalhada por ser surpreendida pela empregada naquela situação. Jam Po acha graça e sorri apaixonado.

Bruna sonda Paula para tentar saber se Tiago é descomprometido e se tem dinheiro. Entretanto, recebe uma chamada e trata de contar à pessoa com quem fala que acabou de ter uma informação que talvez lhes possa ser útil. Depois de concluir o telefonema, Bruna dirige-se ao gabinete de Piedade para convidar Tiago para tomarem um café fora do clube com o pretexto de lhe propor uma palestra sobre nutricionismo. Ele responde que já tem um compromisso e ela esforça-se por disfarçar a sua irritação. Bárbara fica chocada quando Marcelo lhe conta que o pai quer recorrer à eutanásia e confronta-o com o que ele pensava no passado sobre o assunto.

Novela “Rainha das Flores” SIC Portugal: resumo dos próximos episódios

Notícias:

Novela “Amor Maior” – Sinopse
Novela “Amor Maior”: Francisca, a grande vilã
Novela “Amor Maior”: Elenco e personagens
Novela “Amor Maior” – resumo dos próximos episódios

Novela “Haja Coração”: Elenco e personagens
Novela “Haja Coração”- A história de Tancinha e Apolo
Novela “Sassaricando – Haja Coração”- resumo dos próximos episódios

Novela “A Lei do Amor”: Protagonistas, elenco e personagens
Novela “A Lei do Amor”- A história de Pedro e Helô
Novela “A Lei do Amor” – resumo dos próximos episódios

Comente esta novela no final da página

Na novela Rainha das Flores, episódio de sexta-feira, 24 de fevereiro – Episódio 237 – César fica emocionado depois de escutar as explicações do pai para justificar a sua vontade de por termo à vida. Rute recusa-se a festejar o seu aniversário mas aceita a sugestão de Marcelo para que ao menos passe o dia com o neto. Entretanto, Marcelo fica indignado por César confessar que compreende o desejo que o pai tem de morrer e o irmão acusa-o de só lhe apontar defeitos. Rute acaba com a discussão e Marcelo pergunta a César se já decidiu o que fazer com a proposta que Rosa lhe fez. Rute fica curiosa e César esclarece que Rosa lhe ofereceu um salário vitalício para lhe devolver a parte da empresa que detém. Rute e Marcelo incentivam-no a aceitar mas ele não revela as suas intenções. No entanto, o arquitecto vai falar com Rosa e faz-lhe a contra-proposta de continuar como sócio da empresa mas ajudando-a a livrar-se de Narcisa. Rosa fica espantada e sem saber o que dizer. Narcisa fica furiosa ao receber a notificação do tribunal para o julgamento da acção que Rosa pôs contra si e contra César. Tó avisa-a de que deve ter cuidado com a irmã e ela fica a pensar no assunto. Já de saída, Tó convida-a para ir com ele para casa mas Narcisa recusa. Tó é surpreendido em casa por Bruno, que lhe pergunta se ele e a mãe estão juntos. Ana Clara agradece a Beatriz por permitir que ela passe a noite em sua casa e confessa o medo que tem do marido, desejando que as palavras do padre Samuel o tenham acalmado. Tó nega a Bruno que esteja de novo com a mãe e mente acrescentando que se encontraram no anexo porque ela lhe pediu ajuda para a ajudar a fazer as pazes com ele. Bruno fica muito desconfiado com as explicações do pai.  Zé Manuel fala muito angustiado com Samuel e insiste na ideia de que Ana Clara tem um relacionamento com Sofia e Daniel e que usa a casa da patroa para se encontrar com eles. O padre esforça-se para o contrariar e aconselha-o a deixar-se guiar pelas palavras de Deus. Zé Manuel promete controlar-se mas quando se ajoelha para rezar, deixa visível a pistola que tem à cintura. Ana Clara despede-se muito emocionada de Beatriz e confessa que decidiu que tem de mudar de vida em face do comportamento agressivo do marido. Samuel chega entretanto e conta a Ana Clara que esteve com Zé Manuel, acreditando que conseguiu acalmá-lo. Ana Clara espera que isso tenha acontecido até porque acredita que o marido não vai gostar nada do que ela tem para lhe dizer. Nuno e Marcelo pregam um susto a Rute quando, sem ela estar a contar, irrompem na sala a gritar-lhe parabéns. Zé Manuel procura Ana Clara em casa de Beatriz no momento em que ela acabou de dar conta a Samuel do que tenciona fazer da sua vida. A mulher pede ao padre que se mantenha na sala e diz ao marido que é preferível afastarem-se durante uns tempos. Ele fica furioso e descontrolado, acusando-a de estar a prepara a separação há algum tempo e de ter voltado para Daniel e Sofia. Ana Clara, muito nervosa nega tudo e Samuel procura acalmar Zé Manuel. Os esforços são em vão porque Zé Manuel ainda fica mais irritado e saca da pistola apontando-a à mulher dizendo que a vai matar. Samuel decide agir e tenta desarmar o homem, lutando pela posse da arma. Na refrega, é disparado um tiro e Ana Clara solta um grito de horror vendo Zé Manuel cair ao chão inanimado com uma bala no peito. Samuel chama a ambulância enquanto Ana Clara se agarra a Zé e o abana tentando reanimá-lo. Ana Clara aproxima-se e percebe que ele já não respira. Samuel sem saber mais o que fazer agarra-se ao terço a rezar. Sem saber o que se passou, Beatriz conta a Piedade que Zé Manuel apertou o pescoço a Sofia. Preocupada com o desenvolvimento da situação e temendo que ao saber da queixa de Daniel, Zé Manuel possa vingar-se na mulher, Beatriz telefona a Ana Clara. Atende o padre Samuel que lhe explica o que se passou. Ao chegarem os médicos confirmam o óbito de Zé Manuel. Ana Clara sente-se perdida sem o marido e Samuel muito culpado. No entanto, Beatriz lembra-lhe que se ele não tivesse tentado travar Samuel o desfecho poderia ter sido muito pior e Ana Clara poderia estar morta. Rodrigo comunica a Sofia que não pode continuar durante mais tempo em Portugal e que vai regressar aos Estados Unidos onde tem outros atletas à sua espera. Rodrigo pede a Sofia que vá com ele mas ela rejeita essa possibilidade. Sofia continua a insistir na necessidade de se vingar de Narcisa, retirando-a da Floriz e acredita que já não vai demorar muito tempo. Mas Rodrigo não está disponível para continuar à espera e acha que Sofia está a prejudicar a sua carreira profissional e que está a colocá-lo em segundo plano. Rosa tem muito receio de não conseguir ganhar o processo em tribunal para recuperar a Floriz e começa já a trabalhar num plano alternativo que passa por afastar César, aproveitando o facto de ele ter uma pena suspensa. Raul marca novo encontro com Maria e pede ajuda a Gabi para a impressionar. Narcisa pede mais trabalho aos funcionários da Floriz para compensar os prejuízos que teve e ameaça quem a trair com um castigo exemplar. Entretanto Narcisa contrata Gaspar, um detective privado, para investigar César e ficar ao corrente de todos os seus passos. César chega com Nuno ao hospital na altura em que duas enfermeiras fazem a higiene diária. Fialho fica constrangido e Nuno impressionado. Em fúria, Fialho exige que saiam. Mais tarde, Rute aparece com um bolo acompanhada de Rui, Nuno, César e Marcelo para festejar o seu aniversário junto de Fialho. Acendem as velas e cantam os parabéns mas no final, Fialho, muito triste e revoltado começa a chorar compulsivamente e pede para saírem. Todos acedem. Quando Piedade chega, Fialho ainda está muito incomodado e apesar dela lhe dar conta de vários casos de tetraplégicos que conseguiram superar o seu estado, Fialho só continua a pensar em morrer e insiste com ela para que o ajude a pôr fim à vida. Rute, no entanto, confessa a Rui que acredita que Fialho não vai desistir da ideia e que cada dia será pior. E parece ter razão porque Fialho recusa-se a comer e sente-se cada vez mais deprimido. Bruna, questiona Celeste sobre a forma e condições que Tiago lhe deu para abrir o seu espaço. No entanto, quando chega à questão das percentagens que entrega por ocupar o espaço, Celeste começa a achar que é curiosidade a mais e não responde. Entretanto, alegando que precisa de ver um mail pessoal e está sem computador, Bruna acede aos ficheiros de contabilidade a partir do computador de Tiago e copia tudo para uma pen. Depois dá a pen a Leonardo e diz-lhe que não quer ter mais nada a haver com o assunto.

Fonte: Rainha das Flores, novela da SIC – resumo dos próximos episódios

Vem por aí nos próximos episódios da novela Rainha das Flores –

—–

Rafael e Rita fazem um desenho em que integram a fotografia dela com o desenho dele e oferecem a Rute que fica muito emocionada com a qualidade do trabalho. Comentando o assunto com Rui, Rute confessa que o desenho lhe faz lembrar de Fialho. Fialho continua muito deprimido e chora, recusando-se a comer perante a insistência da enfermeira. César diz a Narcisa que sabe que ela vai tentar prejudicá-lo com a pena suspensa mas garante-lhe que vai estar muito atento. Narcisa até coloca a possibilidade de lhe dar dinheiro para ele ir embora mas César garante-lhe que ganha mais ficando do que com os trocos que ela lhe possa dar. Tó pergunta a Narcisa se Bruno sabe que eles andam.

Narcisa fica aflita e tenta perceber o porquê da pergunta. Tó explica que Sofia percebeu que ela deixou a chave do carro no anexo e perguntou a Bruno se eles andavam. Tó garante-lhe que não disse nada ao filho mas exige que continuem a encontrar-se. Rafa diz a Bruno que vai deixar de procurar trabalho porque vai abrir um negócio seu. Ana alerta Narcisa para o facto de ter sido encontrado um homem morto com uma bala na cabeça em Tomar. Narcisa fica desconfiada e vai à net procurar. Compara a notícia com um recorte que tem quando Rogério fugiu da prisão e percebe que se trata da mesma pessoa. Assim que tem oportunidade, Narcisa confronta Tó com o assassinato de Rogério e exige que ele lhe diga se o matou.

Tó fica muito aflito e acaba por reconhecer que esteve com ele e que Rogério lhe exigiu dinheiro. No entanto não admite que o matou. Perturbado, Tó adianta que terá de se ir embora porque Rogério pode ter dito que esteve com ele. Narcisa fica muito desconfiada e tem a certeza que ele está a mentir. Narcisa deixa Tó ir mas exige que dê uma satisfação a Bruno antes de partir para não existirem desconfianças. Tó diz ao filho que vai ao Norte fechar um negócio. Daniel comenta em família a morte de Zé Manuel e confessa que ficou aliviado. Sofia contrapõe que só tem pena de Samuel. Ana Clara vai a casa de Sofia e pede para falar com ela. Ana Clara diz-lhe que quando viu Zé a apertar-lhe o pescoço percebeu que não podia continuar com ele e garante-lhe que era essa a sua intenção.

No entanto, percebe que Zé se tenha tornado numa pessoa amargurada ao saber que ela já tinha uma filha e não podia ter mais filhos com ele. Sofia deseja-lhe boa sorte, mas não lhe perdoa e pede-lhe para não voltar a aparecer. Ana Clara aceita manter-se afastada mas fica muito desgostosa. Samuel sente-se desesperado e chora. Sente-se culpado, acha que devia ter actuado de outra forma e evitado que Zé Manuel chegasse ao ponto de tentar matar a mulher. Samuel acha mesmo que não tem capacidade nem força para ajudar ninguém. Piedade tenta animá-lo mas não consegue. Maria comenta com Raul a morte de Zé Manuel e mostra-se preocupada com o padre Samuel. Raul não valoriza o assunto e pede a Maria que namore consigo. Ela fica muito feliz e depois de lhe dar um beijo diz que sim. Bárbara e Tomás partem para a Madeira enquanto Marisa fica com Patrícia a tratar dos preparativos do casamento.

Real Time Web Analytics