Novela “Os Nossos Dias” – resumo dos próximos episódios

novela-os-nossos-diasNovela Os Nossos Dias – a RTP Portugal  divulgou no resumo dos próximos episódios de Os Nossos Dias que Regina explica a Celeste que tudo não passou de uma armadilha. Com a palavra de Regina em cima da mesa, Celeste a muito custo, acredita que Valdemar afinal não é gay. No entanto, para Regina o assunto não fica resolvido. Ela quer saber quem foi que lhe copiou as fotografias do telemóvel e promete descobrir e vingar-se. A novela Os Nossos Dias, episódio de sexta-feira, 27 de março – Em função da transmissão da “Maratona da Saúde”, o episódio desta sexta-feira de Os Nossos Dias não vai ao ar. Mas continue ligado para não perder as surpresas da novela, que voltará a ser exibida na próxima segunda-feira.

Novela “Os Nossos Dias” RTP: resumo dos próximos episódios

Notícias:

Novela Os Nossos Dias – Novos personagens
Novela Os Nossos Dias – novo horário
Novela Os Nossos Dias: a saga da Família Brito

Comente esta novela no final da página.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de segunda-feira, 30 de março – Episódio 305 – André revela ao irmão que já não é virgem. Xavier aconselha-o a contar aos pais que Daniela é seropositiva antes que eles descubram de outra forma. Leonor conta a Francisca como a família já está novamente reunida depois de Alexandre ter pedido desculpa ao filho e a jovem patroa revela que acabou com Ricardo. Marta pede para falar com Gabriel para confirmar se efectivamente vai para o Canadá. Gabriel diz-lhe que nada mais o prende a Portugal a partir do momento em que ela se separou dele. Ao sair Gabriel esquece-se do telemóvel em cima da mesa. Barbara fica desconfiada com a conversa mas rapidamente se esquece do assunto quando Gabriel lhe diz que enviou o livro dela a um amigo editor no Canadá e que ele decidiu pegar nele. Bárbara fica muito feliz. Leonor fica a saber por Marta que Daniela é seropositiva e, de repente, quando tudo parecia bem novo fantasma se abate sobre a família. Bárbara, sai da empresa quando Helena chega para falar com Rodrigo. Em casa de Gabriel, Gonçalo revela-lhe que foi à primeira consulta com a psicóloga e que tenciona manter-se distante de Ana. Gabriel percebe que não tem o telemóvel e pede a Barbara se pode voltar atrás para lho trazer. Ao chegar, a secretária percebe que Helena e Rodrigo discutem. Barbara fica a saber que Rodrigo se envolveu com Simone para separar Gabriel de Marta e que Helena está a fazer chantagem, porque tem provas do que ele fez. Rodrigo até estava disponível a aceitar que Helena ficasse com os 25 por cento do primo mas o problema é que ela o obriga a dar-lhe mais um por cento para ficar com o controle da empresa. Atrás da porta, Barbara procura sair rapidamente dali com receio de ser vista e depois de ter percebido o que se estava a passar. A verdade é que a exigência de Helena deixa Rodrigo de tal forma possesso que, sem pensar, dá uma bofetada com força na cara da prima. Desamparada, Helena cai e bate com a cabeça na esquina da secretaria perdendo a vida. Rodrigo aproxima-se dela, agarra-lhe na cabeça, fica com o relógio sujo de sangue e percebe que já não respira. Marta liga a Rodrigo e ele diz-lhe que está atrasado porque teve uma complicação na fábrica. Ricardo confessa a Daniela e Susana a sua intenção de reconquistar Ana, mas ninguém acredita que ela ceda. A mulher de Valdemar recebe as fotografias de Paulo e Valdemar com os stripers e vai à central de táxis pedir-lhe satisfações. Celeste diz-lhe que quer o divorcio e que nunca mais o que ver lá em casa. Valdemar tenta justificar-se mas ela não o ouve e só a intervenção de Regina faz a mulher voltar à razão. Regina explica a Celeste que tudo não passou de uma armadilha. Com a palavra de Regina em cima da mesa, Celeste a muito custo, acredita que Valdemar afinal não é gay. No entanto, para Regina o assunto não fica resolvido. Ela quer saber quem foi que lhe copiou as fotografias do telemóvel e promete descobrir e vingar-se.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de terça-feira, 31 de março – Episódio 306 – Marta lê uma história a Beatriz e quando acaba diz-lhe que está na hora de dormir. A menina quer esperar que Rodrigo chegue para lhe dar um beijo de boa noite. O pai entra em casa nesse instante e vem muito abalado, depois de acidentalmente ter matado Helena. A menina abraça-o pelas pernas, conseguindo arrancar-lhe um sorriso quase automático e conta que o vestido de noiva da mãe já está pronto. Marta nota que ele está apreensivo mas Rodrigo afirma que se trata apenas de cansaço, pois teve de regressar à fábrica para resolver um problema de última hora. Marta repara que ele partiu o relógio e Rodrigo desculpa-se, dizendo que bateu com ele na esquina da secretária. Já para explicar porque tem sangue junto ao pulso, tem mais dificuldade. Marta oferece-se para mandar arranjar o relógio quando for buscar o vestido de noiva e ele é obrigado a aceitar. Entretanto, recebe uma chamada de Francisca e fica ainda mais tenso quando ela lhe pergunta se sabe alguma coisa da mãe. Rodrigo mente e diz que até contava com Helena para uma reunião e que ela não compareceu. Depois de desligar a chamada, Rodrigo explica a Marta que era Francisca a perguntar pela mãe, pois não consegue falar com ela e finge desvalorizar a situação. Marta não se apercebe da tensão que Rodrigo está a viver naquele momento. Francisca desabafa com Leonor a sua preocupação por não saber da mãe. Leonor, por sua vez, olha preocupada para o relógio e embora não reconheça que voltou a ter mais problemas familiares, justifica que uma mãe tem sempre coisas para resolver em casa. Ricardo e Ana assistem divertidos ao vídeo horrível que Paulo fez para promover o disco de Tatiana. O ambiente entre ambos é de descontracção e Ricardo aproveita a oportunidade para dizer que ela é a mulher da sua vida e que gosta dela desde o primeiro dia em que a viu, recordando esse momento. A professora sente-se lisonjeada por isso, mas acaba por esquivar-se a aprofundar a conversa, preferindo pensar que são apenas bons amigos. Ricardo insinua que vai ficar à espera de uma nova oportunidade. Leonor chega a casa muito preocupada e conta a Alexandre que soube por Marta que Daniela é seropositiva e que por isso têm de falar com André. Chegados ao quarto do filho, Leonor assume as despesas da conversa e depois de lhe fazer ver os riscos que corre, apela a que acabe tudo com a namorada. André fica estupefacto e discute com a mãe, chamando-lhe preconceituosa e garantindo que sabe perfeitamente os riscos que corre e os cuidados que deve ter para não ficar infectado. Leonor fica demasiado nervosa e Alexandre leva a mulher para a sala, dizendo que é melhor voltarem ao assunto quando todos estiverem mais calmos. André fica possesso com o ultimato da mãe. Marta e Beatriz tomam o pequeno-almoço com Rodrigo e conversam sobre o catering do casamento, quando Rodrigo recebe mais uma chamada de Francisca. Disfarçando a tensão, diz-lhe que também não teve notícias de Helena, ficando de ligar se entretanto souber de alguma coisa. Marta estranha que Helena continue sem dizer nada mas perante a calma de Rodrigo, também desvaloriza a situação. Patrícia faz a limpeza à sala de reuniões da MobeLine e encontra um brinco que entrega a Bárbara. A amiga adivinha que ele pertencerá a Helena e comenta que ela discutiu com Rodrigo na noite anterior, pois estava a chantageá-lo, depois de ter descoberto que ele colocou Simone no caminho de Gabriel, só para separá-lo de Marta. Bárbara assume que está num grande dilema sobre se há-de contar ou não essa história a Gabriel, ciente de que se o fizer ele irá a correr para Marta, perdendo-o para sempre. Patrícia aconselha Bárbara a ficar calada, a bem da sua felicidade. Valdemar queixa-se a Paulo que a mulher o obrigou a dormir no sofá, mesmo depois de saber que as fotos que lhe tiraram no meio de uns stripers não passaram de uma armadilha. Entretanto, Regina fala aos taxistas e restante pessoal e avisa que já tem um plano para apurar quem lhe roubou as fotos que tinha no telemóvel.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de quarta-feira, 01 de abril – Episódio 307 – João conta a Patrícia que ganhou o lugar como director comercial da MobeLine no Brasil. Ela fica atónita e questiona como é que vão ficar, se ele só pode fazer duas viagens por ano a Portugal. João não vê nisso um problema e argumenta que o contrato é apenas por dois anos e que vai ganhar o dobro, permitindo que pensam depois disso em ter um filho. Patrícia endurece o discurso e conclui que uma relação não pode ser alimentada à distância, arriscando que a única solução é cada um seguir o seu caminho. Para sua surpresa e tristeza, João responde que se é isso que quer, será o que se fará. Marta faz conversa com Rodrigo sobre a morte de Helena e ele fica muito desconfortável com o assunto, avançando para despistar que ela pode ter ido à praia dar um passeio e ter sido levada por uma onda. Marta não percebe a tensão de Rodrigo e combina com ele esconderem de Beatriz que Helena morreu para não impressionarem a menina. Rodrigo concorda e acrescenta que não podem permitir que isso manche o seu casamento. Gabriel conforta Francisca que está arrasada com a morte da mãe e não encontra explicação para o sucedido. Patrícia desabafa com Bárbara e conta-lhe que o mais certo é separar-se de João, pois ele aceitou ir gerir durante dois anos a MobeLine no Brasil e ela não está disposta a acompanhá-lo, nem a esperar que ele volte. Bárbara também se queixa de não saber o que fazer com o que sabe sobre Helena e que pode esclarecer como ela morreu. A secretária está tentada a contar a Gabriel que a irmã discutiu com Rodrigo e que perdeu um brinco no gabinete dele. Por outro lado, teme que o namorado volte para Marta se souber que Rodrigo usou Simone para os separar. Paulo tenta virar Tatiana contra Samuel e conta-lhe que ele combinou sair nessa noite com outra cantora, por sinal muito bem-parecida. Tatiana disfarça o ciúme mas fica a pensar no assunto. Xavier está com dúvidas se deve aceitar o convite para jogar no Barcelona, até porque David ainda não decidiu se vai viver com ele. André diz compreender o que dói não poder estar com quem se gosta, pois a mãe conseguiu separá-lo de Daniela. Alexandre faz ver a Leonor que devem esforçar-se por aceitar que André namore com Daniela, apesar de ela ser seropositiva, pois o facto de se ter afastado do filho, revela que eles têm consciência dos riscos que correm, tomando certamente as devidas precauções. Leonor reconhece que o marido tem alguma razão e decide pensar melhor sobre o assunto. Bárbara enche-se de coragem e conta a Gabriel que Helena e Rodrigo discutiram, porque ela o estava a chantagear para conseguir a posição maioritária na empresa. Gabriel não percebe como poderia a irmã estar a chantagear o primo e Bárbara acrescenta que Helena ameaçou contar a Marta que Simone era uma prostituta contratada por Rodrigo para o separar dela. Gabriel murmura que afinal tinha razão ao afirmar que o primo lhe montou uma cilada para o separar de Marta. Bárbara assume que não lhe contou logo o que sabia por recear perdê-lo. Susana fica em choque ao saber da morte de Helena e repara que o relógio de Rodrigo está partido e com sangue. Marta conta que ele bateu na esquina da secretária, explicando o sucedido. Nenhuma dá grande importância á situação e Susana lembra que devem falar de coisas mais alegres como por exemplo o casamento que será dentro de dois dias. Marta mergulha nos seus pensamentos, pouco segura do passo que vai dar. Xavier conta aos pais que recebeu uma proposta para jogar no Barcelona. Alexandre fica radiante mas perde o sorriso quando o filho esclarece que ainda está a pensar se aceita ou não, pois será uma decisão que envolverá outras pessoas. O pai percebe que ele está a falar de David e não gosta do que ouve. André prepara-se para sair de casa e recusa tomar o pequeno-almoço, zangado por Leonor ter feito com Daniela tenha acabado o namoro com ele. Depois de os filhos saírem, Alexandre pergunta a Leonor quando é que vai aceitar a relação de André com Daniela e faz as pazes com o filho.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de quinta-feira, 02 de abril – Episódio 308 – Gonçalo vai a casa de Ana e surpreende-a quando lhe entrega os papéis do divórcio para que ela os assine. O advogado reconhece que foi ele quem estragou o casamento e propõe que apesar de separados continuem amigos. Ana fica emocionada com o gesto de Gonçalo e despede-se dele dando-lhe um beijo na face. Ricardo e Paulo estranham o mau humor de Tatiana no café e tentam saber o que se passa. Depois de muita insistência ela responde com voz sumida que está afónica e explica que ficou assim porque gritou com Samuel à porta da discoteca onde o encontrou com outra mulher. Paulo lembra que a avisou que Samuel é um mulherengo e fica perplexo porque com a voz naquele estado ela não vai conseguir cantar na festa de aniversário do Ti Elvira. Tatiana confessa que também não lhe apetece e que o melhor é cancelar a festa. Ricardo lembra-lhe que a mãe até vai regressar da terra para a ouvir cantar e que cancelar a festa não é boa ideia. Paulo empertiga-se e garante que vai arranjar uma fadista de renome para a substituir, dizendo que vai garantir Ana Moura e sai disparado do café. Tatiana e Ricardo trocam um olhar divertido, sem acreditarem que o taxista consiga convencer a artista. Carla entra eufórica na Imperial Táxis e anuncia que finalmente conseguiu ser contratada por um jornal desportivo. Sidónio mostra-se feliz por ela poder cumprir finalmente o seu sonho de ser jornalista e Regina por se livrar dela. Carla convida todos para almoçar e Célia diz logo que vai acabar as limpezas para se juntar à festa. Regina trava-lhe o entusiasmo e decreta que ela vai ficar a limpar a área onde estão os cacifos, ameaçando que se recusar é despedida. Célia resigna-se à sua sorte mas acaba por dar um jeito às costas, gemendo de dor. Valdemar reentra na central para ir buscar o telemóvel de que se esqueceu. Ela pede-lhe ajuda, mas o taxista pensa que Célia está a fingir e vai embora deixando-a sozinha. Gabriel e Bárbara desconfiam que Rodrigo matou Helena, pois a videovigilância da fábrica registou a entrada dela quando foi reunir com o primo, mas não a saída. Rodrigo interrompe a conversa do primo com a namorada e fica incomodado quando Gabriel dispara que, mas tarde ou mais cedo, se descobrirá quem matou a irmã e que afinal decidiu adiar a sua viagem para o Canadá. Regina queixa-se a Patrícia de que Célia desapareceu sem deixar rasto, deixando a central de táxis por limpar, exigindo que ela seja despedida. Patrícia prefere apurar o que realmente se passou e diz que apenas dispõe de um homem para substituir a funcionária. Regina aceita, indiferente ao facto de se tratar de um homem e não uma mulher, como é usual. Tatiana está cada vez mais inclinada a desistir da festa de aniversário da casa de fados mas Paulo insiste que vai conseguir que a fadista Ana Moura vá cantar ao Ti Elvira, pois já falou com o empresário da fadista, que se mostrou disponível para garantir a sua presença. Ricardo duvida que ele consiga, mas o taxista mostra-se muito confiante. Ana aparece entretanto e conta a Ricardo que a sua conversa com Gonçalo correu muito bem, que acertaram o divórcio e que até ficaram amigos. Ricardo fica mais descansado quando a professora garante que não tenciona voltar para o marido e não esconde que continua apaixonado por ela. Daniela conta a André que se cruzou com a mãe dele no café e que Leonor pediu desculpa por ter querido que se separassem, incentivando-a a que continue a ser sua namorada. André fica ansioso, mas fica radiante quando Daniela diz que quer continuar a namorar com ele e que Leonor quer que jantem todos lá em casa. Alexandre fica ansioso quando Leonor o informa que decidiu fazer um jantar com os filhos e os namorados, pois ainda tem dificuldade em aceitar a relação de Xavier e David. David fica também aflito quando Xavier lhe diz que a mãe os quer a jantar lá em casa pois teme a reacção do pai do namorado, depois de o ter expulsado da sua casa.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de sexta-feira, 03 de abril – Episódio 309 e 310 – Francisca informa Gabriel que o amigo de quem lhe tinha falado já está a pesquisar os computadores de Helena e Rodrigo para tentarem confirmar que ela o estava a chantagear e que por isso ele a matou. Bárbara assiste com interesse à conversa de Gabriel e este conta-lhe que o “pirata informático” amigo de Francisca está prestes a conseguir aceder aos emails do computador de Helena e assim obter as provas de que Rodrigo contratou Simone para o separar de Marta. Bárbara encosta Gabriel à parede e, depois de perceber que ele não conseguiu esquecer Marta, termina o namoro libertando-o para que ele possa ser feliz ao lado da mulher que sempre amou. Gabriel tem uma reação ténue e despede-se de Bárbara sem conseguir negar que o seu coração pertence a Marta. Bela chega com Henrique a casa de Marta para assistir ao casamento da amiga com Rodrigo. Mara acaba por confessar que não vai casar por amor, mas apenas para ter finalmente uma vida familiar estável. Ricardo oferece flores a Ana e declara-lhe todo o seu amor. A professora não resiste à sedução e acaba por se envolver com ele num beijo tórrido e sôfrego, como que matando as saudades que tiveram e selando uma nova relação. Francisca e Gabriel conseguem obter os emails que Rodrigo trocou com Simone, provando que ele usou a prostituta para arruinar a relação do primo com Marta. Gabriel decide ir a casa de Marta provar a sua inocência, tentando evitar que ela case com Rodrigo, enquanto diz a Francisca que se dirija à polícia e apresente queixa contra o primo, na esperança de que as autoridades consigam provar que ele matou Helena. Pela manhã. Marta aparece vestida de noiva e comove Susana e Bela que não deixam de dizer que ela é a noiva mais bonita que alguma vez viram. O momento é quebrado pela chegada de Gabriel que pede para falar com Marta a sós. Ela mostra-se renitente e fica irritada, de lágrimas nos olhos, perante a súplica de Gabriela para que o escute. Ema casa, Rodrigo veste-se para o casamento e brinca com Beatriz, que está muito ansiosa para ver os pais casados. Rodrigo faz cócegas à filha e pede-lhe ajuda para escolher a gravata que vai usar. Gabriel entrega a Marta os emails trocados entre Rodrigo e Simone, provando que ele usou a prostituta para os separar e que foi chantageado por Helena, acabando por a matar. Marta fica em choque e chora, num misto de tristeza e raiva, perguntando-lhe porque a foi envenenar contra Rodrigo precisamente no dia do casamento. Gabriel assume que pretende evitar que ela cometa o maior erro da sua vida mas Marta esforça-se, apesar das evidências, por não lhe dar razão. Gabriel fica desiludido e depois de lhe confidenciar que terminou tudo com Bárbara, diz que vai para o Canadá e que ela nunca mais o verá. Marta fica destroçada e lembra-se de ir buscar o relógio de Rodrigo, observando com perplexidade o vidro partido e a mancha de sangue que ainda não foi limpa. Decidida, avança para a sala e sem explicar o que esteve a conversar com Gabriel, pede a Susana que leve Henrique para casa de Daniela e que sigam de lá para o casamento em casa de Rodrigo. Depois fala com Bela e diz que precisa de lhe pedir um favor. Ana pede ajuda a Ricardo para fechar o colar que vai usar no casamento de Rodrigo. Ele aproveita a situação para trocar com ela mais um beijo escaldante. Daniela e David aparecem nesse momento e assistem incrédulos à cena de amor. Ana fica atrapalhada e Ricardo, no seu estilo brincalhão, conta que são de novo namorados e que vão casar. Ana olha-o de lado, surpreendida com o seu arrojo. Luísa regressa a casa com Gonçalo, que a foi buscar ao hospital e acabam por reconhecer que têm de recomeçar as suas vidas, arrumando as mágoas do passado, voltando a serem amigos. Bárbara vai a casa de Gabriel para se despedir, antes de ele regressar ao Canadá. Ambos concordam que a sua relação não podia resultar, pois Gabriel não conseguiu esquecer Marta. A despedida é selada com um leve beijo nos lábios.

Na novela Os Nossos Dias II, episódio de segunda-feira, 06 de abril – Episódio 001 – ESTRÉIA – Susana leva Beatriz ao aeroporto para se juntar à mãe de ambas que vai refazer a vida no Canadá. O transporte é assegurado pelo táxi de Valdemar, que comenta a crise que se vive no País quando passa à frente do prédio onde alguns trabalhadores fazem uma manifestação. Uma das pessoas que assistem ao protesto é Xana, que aguarda por Alice. A amiga é uma das trabalhadoras que foi negociar com o patronato, mas sem êxito. Alice revela que a empresa vai fechar e que o litígio entre os trabalhadores e os patrões será resolvido em tribunal. Xana lembra que se ela não pagar a renda naquele dia fica sem casa e Alice afirma que tem uma solução, dizendo que vai penhorar o medalhão de ouro que traz ao pescoço, com a fotografia em que aparece com a mãe, que procura há anos, sem sucesso. Xana ainda lhe sugere que peça ajuda ao amigo Amadeu mas ela não lhe quer ficar a dever mais favores. Depois de caminhar, mergulhada na sua angústia, Alice entra numa ourivesaria e trava conhecimento com Guilherme, o gerente que se oferece para a ajudar. Entre ambos nasce imediatamente uma empatia estranha e inexplicável, só quebrada quando ele lhe diz que não aceitam penhoras e se propõe comprar a peça em ouro, para a ajudar. Alice fica desiludida e vai embora. Guilherme segue-a e reencontra-a na rua, com o medalhão na mão. Com grande delicadeza ajuda-a a colocá-lo de novo ao pescoço e pergunta como pode apoiá-la. Alice agradece e garante que vai dar a volta à situação. No entanto, depois de se afastar de Guilherme é assaltada e um dos marginais arranca-lhe o foi do pescoço, deixando que o medalhão caia no chão e se perca debaixo de um automóvel. Na ourivesaria, Emília percebe que Guilherme está algo pensativo e o filho conta o encontro que teve com Alice. Emília reaje com irritação ao facto das pessoas acharem que a sua loja é de penhores e lembra que no negócio do ouro não pode haver sensibilidades com a história de cada pessoa que aparece. Raquel vai à entrevista de emprego para conseguir a vaga numa empresa de comunicação e marketing. Por coincidência, Susana também lá está à procura de trabalho e acabam por fazer amizade. Tiago e Sofia, que executam um projecto, observam o nervosismo das candidatas, antes de saírem para o almoço. Quando o fazem, cruzam-se com Cecília a quem saúdam de forma exagerada como a chefe, simulando a continência. Ela entra na brincadeira mas com ar altivo e profissional, encaminha Susana e Raquel para a entrevista de emprego. Guilherme recebe a chamada de Teresa e fica melindrado com a mãe, pois Emília continua sem aceitar que ele se pretenda casar com Teresa. Alice vagueia pelas ruas da cidade, triste por lhe terem roubado o medalhão de ouro, única recordação que tem da mãe. Teresa e Guilherme terminam o almoço e ele parece ausente quando ela fala dos preparativos para o casamento, pois não consegue esquecer o encontro que teve com Alice. Sara, observa mais uma criança no consultório e não consegue evitar olhar para a fotografia de Alice que tem numa moldura. Natércia faz com que a médica reviva a saudade que sente da menina que recolheu em tempos. Alice caminha pela rua e vai amargurada por lhe ter sido roubado o seu bem mais precioso. Ao atravessar a rua quase é atropelada por Susana, que regressa com Raquel da entrevista de emprego na agência de publicidade. Raquel identifica-a como a amiga de Xana e com Susana oferece-lhe boleia até à residencial. Amadeu mostra vontade de se revoltar com o mundo ao saber que ela foi assaltada. Quando por acaso descobre o medalhão em ouro que Alice deixou cair, telefona imediatamente para Amadeu e pede-lhe que se encontrem com urgência. Emília encontra-se com Amadeu e dá-lhe um ultimato, exigindo-lhe que ele termine o serviço que não completou no passado, quando matou Júlia e poupou a vida de Alice, deixando-a num orfanato. Amadeu fica em pânico com o discurso de Emília, que ameaça matá-lo e também ao neto, se ele não fizer o que lhe ordena.

Na novela Os Nossos Dias II, episódio de terça-feira, 07 de abril – Episódio 002 – Depois de se ter encontrado com Emília e de ter sido ameaçado por ela, Amadeu regressa à residencial e não consegue esconder a respiração ofegante que denuncia a sua ansiedade. Raquel e Vânia aconselham-no a descansar um pouco mas ele só pensa em chegar ao quarto onde estão Rafael e Alice. Amadeu detém-se à porta antes de entrar e vê-os a brincar, ficando ainda mais tenso, pois lembra-se de que Emília ameaçou matá-lo e ao neto se ele não matar Alice. Apesar do dilema que o divide e atormenta, Amadeu oferece de novo ajuda a Alice, permitindo que ela volte a morar na pensão. Francisco engana Sara e diz que tem de ir a uma reunião no Porto, para passar a noite de sexta-feira com Cecília, o seu braço direito na agência, de quem tem um filho, Bernardo. Sem imaginar que está a patrocinar a vida paralela do pai, Teresa incentiva-o, enquanto a mãe se queixa de que o marido cada vez trabalha mais. Na casa de fados, Amélia desespera porque Artur não a ajuda a atender os clientes, preferindo perder-se em instruções aos guitarristas que vão acompanhar Tatiana na inauguração de “O Vadio”. Na central de táxis, todos se preparam para irem à inauguração da casa de fados. Susana conta a Daniela que a sua entrevista para conseguir o estágio remunerado correu bem e que ficou muito bem impressionada com o responsável da agência. Já Raquel confessa à irmã Maria João que não tem esperança de conseguir o trabalho na agência, pois Francisco só esteve com ela durante dez minutos, ao invés do que fez com Susana. Valdemar fica incomodado quando percebe que o novo proprietário da casa de fados é Artur, o antigo colega que lhe ficou com uma herança que ambos disputaram. Alice não consegue esconder que ficou presa no olhar de Guilherme e confessa a Xana que o rapaz a impressionou pela sua disponibilidade em ajudá-la quando foi à ourivesaria. A amiga adivinha que ela está apaixonada. Guilherme espera que Tiago acabe de se vestir para irem sair e conta-lhe o encontro inesperado que teve com uma rapariga na ourivesaria e confessa que sentiu o impulso de a ajudar. O amigo lembra-lhe que está noivo de Teresa e que se não está seguro do que sente por ela, será melhor não casar. Emília censura Álvaro por ele estar a beber demais e ele estranha a sua preocupação, perguntando se ela o ama. Emília responde friamente que se esforça para que o casamento funcione, ao contrário do que ele faz. Álvaro atira que devia ter-se divorciado dela há muitos anos e Emília ameaça que se quiser fazer isso, acabará sem nada. Álvaro opta por ir ler um livro e Emília deixa-se levar pelas recordações do passado, revivendo o dia em que fez o ultimato a Júlia para que se afastasse do marido e em que encomendou a sua morte a Amadeu. Perturbada por essas memórias, faz uma chamada para Amadeu e volta a pressioná-lo para que encontre Alice, a filha de Júlia, e a mate tal como fez à mãe. Ele tenta ganhar tempo mas volta a ver a sua vida e a do neto ameaçadas. Paulo ganha coragem e no final da noite de fados e conta a Tatiana que já não há digressão no Brasil, porque foram enganados pelo empresário que estava a tratar dos concertos. A fadista fica em estado de choque e Paulo promete compensá-la com o agendamento de outros espectáculos. Para escapar à vergonha de reconhecer o fracasso, Tatiana obriga-o a guardar segredo sobre o que sucedeu. Na residencial, Alice recorda o encontro que teve com Guilherme e o momento em que ele lhe tocou para lhe por ao pescoço o fio com o medalhão onde guardava a fotografia da mãe. Na recepção, Amadeu dá entrada ao ladrão de ouro e jóias que lhe entrega mais uma pesada bolsa com material roubado, que ele guarda nervosamente no cofre. Depois do ladrão se ir embora, Amadeu regressa ao cofre e retira de lá a sua pistola, encaminhando-se para o quarto de Alice. Quando lá chega, vai transpirado e dividido sobre o que deve fazer, depois das ameaças de que foi alvo por parte de Emília.

Na novela Os Nossos Dias II, episódio de quarta-feira, 08 de abril – Episódio 003 – Amadeu perde a coragem para matar Alice e prepara-se para deixar o quarto onde ela dorme. Alice desperta e ele justifica a sua presença dizendo que lhe pareceu ouvir um barulho e foi ver o que se passa. Alice nota que o amigo não está bem mas Amadeu desvaloriza e responde que precisa ir descansar. Depois regressa à receção da residencial e guarda a pistola no cofre, murmurando que tem de sair dali com o neto. Álvaro mostra-se amargo e indiferente quando Guilherme conta que já escolheu com Teresa as alianças de casamento e o filho não deixa de expressar a sua tristeza pelo distanciamento do pai. Álvaro garante que se preocupa com ele e retira-se levando o livro que está a ler. Guilherme causa desconforto à mãe, fazendo notar que o pai já não é a pessoa alegre que em tempos foi e lamenta que ele não seja feliz. Sara, mostra-se ansiosa pela reunião que vai ter com para tentar arranjar um mecenas que apoie financeiramente o lar das crianças. Xana incentiva Alice a procurar por Guilherme na ourivesaria, já que ela não nega o seu interesse por ele. A amiga mostra-se indecisa e confessa não ter coragem para tanto, mais preocupada em conseguir o emprego a que se vai candidatar para servir às mesas num restaurante. Alice passa à porta da ourivesaria onde conheceu Guilherme e fala ao telefone com Xana, contando à amiga onde está. Ela insiste para que vá meter conversa com o rapaz, mas Guilherme sai nesse instante e arranca de carro sem a ver, gorando o reencontro. Amadeu vai falar com Emília à ourivesaria e ela volta a exigir-lhe que procure e mate Alice, reiterando que se não o fizer está a colocar em risco a sua vida e a do neto. Amadeu fica impotente para a contrariar e promete resolver o assunto. Emília não fica convencida e decide recorrer aos serviços de um detetive. Bernardo vai à agência pedir a Cecília dinheiro para ir almoçar com os amigos e acaba por se cruzar com Francisco, ignorando que o homem que trata por tio, é afinal o seu pai. Raquel almoça com Maria João no Vadio e censura a irmã por almoçarem sempre fora quando estão sem emprego. Artur recolhe o pedido e quando chega ao balcão faz uma cena de ciúmes a Amélia, que trata um cliente com demasiada simpatia. Tatiana aparece entretanto para tomar um café e Artur fica surpreendido, pois julgava-a a caminho do Brasil. Ela disfarça e justifica que a viagem foi adiada por causa de um contratempo de última hora. Regina, Valdemar e Sidónio estranham que Paulo ainda não se tenha apresentado ao serviço mas ele chega nesse instante e, para espanto de todos, diz que está a caminho do aeroporto, pois decidiu ir ao Brasil para tratar pessoalmente da digressão de Tatiana. Daniela vai trabalhar no lar das crianças e conta a Susana que foi esse o projeto que a faculdade lhe atribuiu. Sara despede-se do rapaz que deixa o lar para ir para outra instituição e não consegue evitar as lágrimas. Ao olhar a fotografia de Alice, recorda que esteve para adoptá-la e que só não o fez porque Teresa não aceitou a ideia e Francisco também não ajudou. Alice vai ao restaurante para se candidatar ao lugar de empregada de mesa. Pouco tempo depois, Guilherme e Teresa entram para almoçar. Amadeu, muito nervoso, carrega na mão uma mala de viagem e, perante a estranheza de Xana, justifica que vai levar Rafael para passar uma semana em casa de uma prima. Xana começa a bombardeá-lo com perguntas e Amadeu irrita-se, começando a sangrar do nariz. Em poucos segundos, perde as forças e desmaia nos braços da empregada. Xana grita a Vânia para que não deixe Rafael ver o avô naquele estado e apressa-se a chamar o 112. Teresa é avisada de que tem de ir imediatamente para a faculdade porque a apresentação do seu trabalho foi antecipada e deixa Guilherme sozinho no restaurante. Quando ele decide desistir do almoço, encontra Alice que terminou a sua entrevista de emprego. Surpresos como reencontro, Guilherme e Alice trocam um olhar intenso.

Na novela Os Nossos Dias II, episódio de quinta-feira, 09 de abril – Episódio 004 – Alice e Guilherme conversam ainda surpreendidos por se reencontrarem no restaurante onde ela foi pedir emprego e ele almoçar com a noiva. Ela conta, muito triste, que foi assaltada quando saiu da ourivesaria e que lhe levaram a única recordação que tinha da mãe, o medalhão de ouro que pretendia penhorar. Guilherme convida Alice para tomar um café e acaba por beijá-la. O momento é interrompido pelo telefonema de Xana, que a avisa de que Amadeu está no hospital porque desmaiou na pensão. Alice fica perturbada e deixa Guilherme sozinho no restaurante sem dar explicações. Obcecada para matar Alice, Emília recorre aos serviços do detective Simões, pedindo-lhe que a localize. Amadeu não quer permanecer no hospital, mas quando tenta levantar-se perde as forças. Xana ralha com o patrão e, com a ajuda do médico, consegue convencê-lo a esperar pelo resultado dos exames que fez. Sidónio fica em estado de choque e começa a chorar quando Carla lhe telefona do Iraque e acaba o namoro, justificando que se apaixonou por outro homem. Raquel fica radiante por ter conseguido o lugar na empresa de marketing e partilha a novidade com Maria João. Alice junta-se a Xana no hospital e sente-se culpada por não estar com Amadeu quando ele se sentiu mal. Xana desvaloriza a preocupação da amiga e Alice conta-lhe que reencontrou o rapaz da ourivesaria no restaurante onde foi pedir emprego e que ele a beijou. Xana não tem dúvida de que ela está apaixonada e aconselha-a a procurá-lo na ourivesaria. Alice desconversa e manda Xana para casa, dizendo que fica a acompanhar Amadeu no hospital. Teresa aguarda que Guilherme a vá buscar para irem jantar. Quando ele chega, Francisco e Sara que também estão de saída percebem que o futuro genro não está com boa cara, mas acabam por não dizer nada. Quando fica a sós com Teresa, Guilherme rompe o noivado e ela dá-lhe imediatamente uma bofetada. Guilherme não reage e, perante as tentativas desesperadas de Teresa para que não desista do casamento, confessa que conheceu outra pessoa. Teresa fica desesperada e chora, enquanto ele diz que não podem ficar juntos porque não lhe quer dar falsas esperanças. Guilherme desmarca o jantar em casa dos pais e Emília adivinha que ele deve ter discutido com a noiva. Álvaro critica a mulher por nunca se ter esforçado por se dar bem com Teresa mas ela não concorda, afirmando que nunca foi antipática para a rapariga. Emília fica agastada quando Álvaro a deixa sozinha, justificando que se não há jantar, não precisa de ali estar a fazer sala. Amadeu acorda e vê Alice a seu lado, perguntando imediatamente pelo neto. Ela tenta tranquilizar o amigo e assegura-lhe que Rafael está em boas mãos na pensão. Amadeu fica mais agitado e diz que não merece os cuidados que ela está a ter consigo, sem que Alice perceba onde é que ele quer chegar. A conversa é interrompida pela chegada do médico que revela a Amadeu que ele está gravemente doente, em fase terminal com um cancro no pâncreas. Amadeu e Alice ficam devastados com a notícia. Raquel e Susana festejam com André e Daniela por terem conseguido emprego na agência de marketing. Raquel sente-se desconfortável porque não está habituada a beber. Sara e Francisco regressam do jantar e encontram Teresa lavada em lágrimas. A filha conta-lhes que Guilherme rompeu o noivado. Guilherme desabafa com Tiago, depois de ter terminado o noivado com Teresa. O amigo mostra-se surpreendido com a decisão que ele tomou. Emília censura Álvaro por continuar a beber demais. Ele sugere-lhe que peça o divórcio mas a mulher não está disposta a desistir do casamento nem do seu património, acrescentando que ele também não se quer separar, pelo mesmo motivo, já que não está casado por amor. Álvaro contra-ataca e diz que a única mulher que amou, desapareceu há 23 anos. Ao saber que tem pouco tempo de vida, Amadeu revela a Alice que a mãe dela foi assassinada e que quem a mandou matar foi Emília Castilho. Alice fica paralisada com o que acabou de ouvir.

Na novela Os Nossos Dias II, episódio de sexta-feira, 10 de abril – Episódio 005 – Amadeu conta a Alice que Emília mandou matar a sua mãe, mas esconde que foi ele próprio quem executou o “serviço” e que lhe poupou a vida por não ter coragem de matar uma criança. Depois de saber também que o seu nome era Maria, Alice está sedenta de mais explicações e estranha que ele não lhe tenha contado nada antes. Amadeu, sabendo que vai morrer em breve, entrega a Alice o medalhão que ela havia perdido quando foi assaltada e afirma que não sabe como ele foi parar às mãos de Emília. Cada vez mais agitado, aconselha-a a fugir, certo de que a empresária só descansará quando a vir morta. Alice garante que não vai a lugar algum e decreta ali mesmo o seu desejo de vingança. Guilherme conta a Emília que acabou o noivado com Teresa, mas esconde que o fez por ter conhecido outra pessoa. Alice regressa devastada à residencial e conta em lágrimas a Xana que Amadeu tem um cancro em estado adiantado e que, por isso, lhe revelou o segredo de que a sua mãe está morta e foi assassinada. Xana fica em choque com o que ouve. Atormentado pelas recordações, Amadeu tenta deixar o hospital e começa a libertar-se dos fios que o prendem. O médico que o assiste entra no quarto nesse momento e consegue fazer-lhe ver que não tem condições físicas para se ir embora. A sangrar do nariz, Amadeu é vencido pelo cansaço e acaba por colocar de novo a cabeça na almofada. Alice confessa a Xana que ficou desconfiada de que Amadeu não lhe contou tudo o que sabe sobre a morte da mãe e conclui que como o crime já prescreveu, não adianta fazer queixa à polícia, mas antes procurar sozinha a vingança. Xana fica preocupada. Alice conversa com Xana e mostra-se determinada em esclarecer a morte da mãe, nem que para isso tenha de confrontar Emília. No entanto, acaba por achar que o melhor que tem a fazer é procurar Sara, que a acolheu no lar quando a deixaram lá à porta. Preocupada com a amiga, Xana aconselha-a a ser prudente. Maria João conta a Valdemar que anda à procura de emprego e revela que foi capaz de lhe arranjar o táxi porque é mecânica, tal como o pai. Valdemar fica entusiasmado e leva-a até à Imperial Táxis, para a propor como nova mecânica, em substituição do que se foi embora. Regina faz tudo para que Maria João não fique com o lugar, mas ela responde ao exigente questionário que lhe é colocado. Alice aparece entretanto no lar e Sara fica surpreendida ao vê-la ali. Ela assume que a visita não acontece pelas melhores razões e, já no consultório, conta ter acabado de saber que a mãe foi assassinada, procurando agora as respostas para perceber o que sucedeu. A médica não esconde o choque que sente, mas também não consegue adiantar qualquer explicação para as muitas perguntas de Alice. Teresa aparece entretanto no centro para entregar alguns documentos à mãe e controla os ciumes com dificuldade ao ver Alice com ela. A conversa de circunstância é inevitável e depois de Teresa ir embora, Sara e Alice trocam um abraço saudoso. Álvaro desabafa no psicólogo a mágoa de nunca ter confessado que teve, em tempos, uma vida dupla e recusa-se a fazê-lo agora com receio de magoar Guilherme. Simões dá conta da sua investigação a Emília e conta que descobriu cinco raparigas que podem ser quem ela procura. Guilherme tenta saber de Alice pelo dono do restaurante onde vai acontecer o lançamento da nova colecção de jóias da empresa. Teresa sabe que ele está no restaurante e não se coíbe de implorar a Guilherme que não desista do casamento. Ele fica constrangido e acaba por conseguir afastá-la, quando os jornalistas que vão cobrir o lançamento da nova colecção de joias começam a chegar. Alice vai tomar um café à casa de fados e é atendida por Amélia que em conversa a alerta para o evento de promoção da nova coleção das joias Castilho. Cheia de coragem, decide aparecer na cerimónia, avançando para cumprimentar Emília, embora invadida de um sentimento de vingança. Guilherme abeira-se delas e fica deslumbrado ao ver Alice, que esconde as motivações que a levaram ali.

Fonte: RTP – Rádio e Televisão de Portugal

  • marta pereira

    o episodio do di 5 e do dia 6 estão iguais vejam isso por favor

  • Tiago

    Dos 10 minutos, hoje 5 são fado. Lol!!!

  • Tiago

    Enfim… Só na RTP.
    É pena é que sejamos nos a pagar!

  • anpiri

    Aqui está um exemplo de como se pode transformar uma novela de interesse razoável, num valentíssimo bocejo. Será que nem o Provedor do telespectador pode interferir nesta falta de respeito pelos mesmos ? Claro que há sempre a possibilidade de mudar de canal…

  • alice

    E uma pena, nao darem mais atencao ao tempo da novela. Ainda ninguem da RTP, ou da programacao da mesma, reparou que os episodios se tornam fastidiosos, por mais de metade da novela ser repeticao do dia anterior?
    Sao bons actores, todos eles, e com a apresentacao desta forma da novela,
    as pessoas passam a frente.
    Pensem nisso.

  • Maria

    Gosto da novela mas,como se pode ler em uma grande parte dos comentarios, os episódios são curtos, metade é a repetição do dia anterior…quando chega ao fim, não vimos mais que 10 minutos. e a verdade é, que ao tornar-se tão repetitiva se perde um pouco o interesse…

  • carla

    pois os episorios sao repetidos mas nao deixa de ser intersante neste momento se amarta soubesse que o Rodrigo nao e flor que cheire foi ele que separou a marta de gabriel

  • M.J

    Alguém sabe porquê que os episódios são tão curtos?
    Nunca vi uma série assim.

  • Filomena

    A melhor novela da TV Portuguesa. So gente BURRA nao percebe isso………….

  • JOAO

    esta novela e uma M…….TODOS OS DIAS A MESMA COISA

  • Ana Mendes

    Sou fã da novela,só tenho pena que de dia para dia seja mais pequena e repetida .

  • paula baumann

    Os episódios são curtos e tb repetidos! Tenho pena que coisas sejam assim!

  • lucinda Roque

    Só tenho pena que os episódios venham a diminuir o seu tempo de antena pois quando começou eram de quase 45 minutos e agora nem chegam a 30m.
    O que é uma pena visto que quebra um pouco o ritmo, mas estão todos de parabéns quer autores quer personagens. Foi uma boa aposta. Parabéns mais uma vez.

  • Deolinda G.

    Gostava quando abordava os aspectos políticos por que estamos passando, mas agora pouco ou nada se fala disso e é apenas mais uma novela. Decepcionei-me!

  • Ermelinda

    Esta novela e fantastica.Pois revela a vida atual que os portugueses estao a passar.Pois o escritor que escreveu esta novela esta de parabens.Os actores tambem representam muito bem.

    • Maria Paula Baptista Gouveia

      De inicio era interessante, Mas tornou-se numa embrulhada sem pés nem cabeça! Vida real? Onde já se viu a Marta tão burrinha que não topa nada? DAHHH . A RTP , por norma, não estendia muito as suas telenovelas, agora é só “encher chouriços” Por favor dêm o fim a esta sal-ganhada e partam para outra! Será que a nova administração ainda não se dignou olhar para isto???

  • Ana Mendes

    A novela Os Nossos Dias relata uma realidade atual. Tem uma História muito bem escrita, parabéns ao autor e ao elenco composto por grandes actores e actrizes.

  • Celia Oliveira e Marinho

    gosto muito desta novela! simples, bem escrita, bons actores…. Excelente!

  • M. Conceição

    É apenas uma bonita novela com boas interpertações e uma bonita história na qual o “Rodrigo”, também tem o seu papel embora pouco simpático, mas faz parte…, e se não fosse esse papel também não seria esse o rumo.

  • Geiza Rita

    A novela é boa Mas o Rodrigo tira o gosto da novela. Espero que ele acabe mal e sozinho ele é muito mau e se acha que é assim k vai conseguir a Mrta ele está mto enganado

  • Luisa dias

    Adoro a novela os nossos dias, nao perco um episodio!!!!!

  • lourdes baltazar

    linda novela os nossos dias todos os dias estou desejosa que chegue a hora

Real Time Web Analytics